Dicas de Filmes pela Scheila: Animação
Mostrando postagens com marcador Animação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Animação. Mostrar todas as postagens

domingo, 11 de novembro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Pedro Coelho (2018)"

Pedro Coelho (2018)"Gigante é como você vai ser chamado, pois você só é pequeno, se sonhar pequeno."

"Peter Rabbit" é um filme de animação lançado em 2018. Dirigido por Will Gluck  que também assina o roteiro em parceria de Will Gluck. O filme foi baseado na série infantil As Aventuras de Pedro Coelho de 1902-1912, da escritora e ilustradora britânica Beatrix Potter.

Já no inicio da trama acompanhamos o embate entre Pedro Coelho (James Corden) e o senhor Severino (Sam Neil), proprietário que tenta impedir o acesso dos animais do entorno, a sua horta. Pedro é o líder de uma família de coelhos, desde a morte de seus pais.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (2018)"

Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas (2018)"O que é mais importante de entender é que o amor é um enigma infinito que está além de nossa compreensão."

"Hotel Transylvania 3: Summer Vacation" é a terceira parte da franquia animada, iniciada em 2012, com a direção do cineasta Genndy Tartakovsky, que também assina o roteiro em parceria com Michael McCullers.

Mesmo perdendo um pouco do seu charme, o filme continua encantador. A trama tem inicio em 1897, com um encontro entre dois inimigos clássicos: Drácula (Adam Sandler) e o Professor Abraham Van Helsing (Jim Gaffigan). O confronto resulta no desaparecimento do rival do Drácula.

domingo, 6 de maio de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar (2008)"

Ponyo - Uma Amizade que Veio do Mar (2008)
"Você é a única que pode salvar o planeta. Faça isso agora!"

Lançado em 2008, "Gake no Ue no Ponyo" é mais um belíssimo anime do Studio Ghbli. Escrito e dirigido pelo talentoso cineasta Hayao Miyazaki.

Sou suspeita para comentar sobre os animes do Studio Ghibli, afinal, sou fã assumida. O capricho das animações produzidas por Hayao Miyazaki são um vislumbre para os olhos. Para produzir esse filme o cineasta não usou elementos digitais para a composição das cenas, todas foram feitas à mão. Faz bem assistir um filme feito com lápis colorido e papel. Os traços minuciosos e coloridos encanta até aqueles que não apreciam o gênero.

domingo, 25 de março de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Minha Vida de Abobrinha (2016)"

Minha Vida de Abobrinha (2016)
"Às vezes a gente chora porque está feliz."

Lançado em 2016, "Ma Vie De Courgette" é um encantador filme de animação franco-suíço dirigido por Claude Barras com roteiro de Céline Sciamma que foi baseado nos textos de Gilles Paris. 

Ganhou o Prêmio César nas categorias de Melhor Filme de Animação e Melhor Adaptação, também foi indicado como Melhor Música Original. Concorreu o Oscar de Melhor Filme de Animação. Recebeu indicação ao Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação e também foi indicado ao Caméra d'Or no Festival de Cannes {todas essas premiações e indicações foram em 2017}. Também recebeu indicação ao BAFTA 2018 na categorias de Melhor Animação.

O filme inicia com uma tragédia envolvendo um garotinho de 9 anos de idade, Icare, que prefere ser chamado de Abobrinha (Gaspard Schlatter). Em seguida, observamos Abobrinha ser encaminhado a um orfanato.

sábado, 10 de março de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "A Menina Sem Mãos (2016)"

A Menina Sem Mãos
"No frio da Guerra, minha mensagem será uma tocha."

"La jeune fille sans mains" é um filme de animação francês dirigido por Sébastien Laudenbach, que também escreveu o roteiro ao lado de Olivier Py. Lançado em 2016, o filme é baseado no conto de "The Girl Without Hands", dos irmãos Grimm.

A história se passa no interior da França. Um moleiro (Olivier Broche) vive na miséria com a esposa (Françoise Lebrun) e a filha (Anaïs Demoustier). Eis que um demônio (Philippe Laudenbach) aparece e faz uma proposta.

domingo, 4 de março de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "The Breadwinner (2017)"

The Breadwinner (2017)
"Eleve suas palavras, não a voz. É a chuva que faz as flores crescerem, não o trovão."

"The Breadwinner" é uma animação humanitária. Escrito por Anita Dorone e dirigido por Nora Twomey, este filme foi  baseado no livro-homônimo de Deborah Ellis e estreou no Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2017. Indicado ao Oscar como Melhor Filme de Animação, "The Breadwinner" oferece ao público uma história profunda e emocionante. Também recebeu indicações como Melhor Animação no Globo de Ouro e no Critics' Choice Awards.

A trama gira em torno da jovem Parvana (Saara Chaudry) é uma jovem que vive em um Afeganistão governado pelas forças do Talibã.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Com Amor, Van Gogh (2017)"

"A vista das estrelas sempre me fez sonhar."

"Loving Vincent" é uma poesia pintada a óleo sobre tela por 125 pintores, gerando 65 mil frames e dando vida ao primeiro filme inteiramente pintado à mão. Sem dúvida foi a mais bela homenagem feita ao famoso pintor holandês, Vincent van Gogh.

Lançado em 2017, o filme foi dirigido pela dupla Dorota Kobiela e Hugh Welchman, que também assinam o roteiro ao lado de Jacek Dehnel. Foi indicado como Melhor Filme de Animação no Oscar, Globo de Ouro, BAFTA e Critics' Choice Awards. Venceu o Shangai International Film Festival na categoria de Melhor Animação, ganhou o Festival Internacional de Cinema de Vancouver como filme mais popular, também ganhou o prêmio de audiência no Film Festival Ostend Belgium. Até o momento recebeu 49 nomeações, ganhando 11 prêmios.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Viva: A Vida é uma Festa (2017)"

Viva: A Vida é uma Festa (2017)
"Aproveite o seu momento."

"Coco" é uma encantadora animação musical da Pixar. Lançado em 2017, o filme foi baseado em uma ideia original de Lee Unkrich, aperfeiçoada por Adrian Molina que tem a função de codirigir a produção. A direção ficou a cargo do próprio Lee Unkrich. Venceu o Oscar nas categorias de Melhor Filme de Animação e Melhor Canção Original. Venceu o Globo de Ouro como Melhor Animação. Venceu o BAFTA na categoria de Melhor Animação.

Quem ainda não assistiu, não perca mais tempo, é uma animação belíssima visualmente, com personagens cativantes, trilha sonora deliciosa de ouvir e uma narrativa emocionante.

Somos apresentados a Miguel (Anthony Gonzales), um garotinho que deseja ser músico ao encantar-se pela vida, obra e pessoa de Ernesto de La Cruz (Benjamin Bratt), um lendário cancioneiro mexicano, mas que já é falecido.
A paixão e devoção pela música transformam seus dias, o garoto passa a sentir-se dividido entre o que gostaria de fazer e o que necessita fazer por pressão familiar, especialmente Abuelita (Renée Victor), uma senhora de personalidade forte que odeia a arte da música, desencorajando seu neto.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
Quando Abuelita o descobre com um violão nas mãos, as coisas não acabam muito bem. A explicação para o banimento da música sob o teto da família é causado por um suposto abandono do pai de Miguel, que também era músico.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
No entanto, nada faz crer Miguel que deva adotar uma vida diferente. Então, parte em uma jornada durante o feriado especial, onde encontra o túmulo de De La Cruz. É durante a celebração do Día de los muertos, na qual acredita-se que as almas voltam para visitar seus entes queridos e, portanto, milhares de pessoas constroem altares para preservar suas memórias e colocam comida de oferenda, que ocorre toda a mágica do filme.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
Em frente, está depositado seu misterioso violão. Ao tocar o violão do seu falecido ídolo De la Cruz, Miguel é transportado para uma dimensão vibrante e colorida, conhecida como Land of the Dead (Terra dos Mortos), habitada somente por aqueles que ainda são lembrados no mundo dos vivos.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
Nesta jornada Miguel aprende, se diverte e vive o seu sonho de menino, com o auxílio do interesseiro, intrigante e divertido Héctor (Gael García Bernal), um morto que está prestes a desaparecer por já não ser lembrado por quase ninguém ainda vivo.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
Abordar em um filme de animação um tema tão complexo como a morte, é arriscado, mas "Viva: A Vida é uma Festa" consegue transformar toda a complexidade em delicadeza. A maneira como a cultura mexicana é retratada no filme é fascinante. Os rituais e preparativos das famílias mexicanas para o Dia De Los Muertos (equivalente ao Dia de Finados, aqui no Brasil), são bem detalhados nesta produção. Particularmente desconhecia essa tradição mexicana de lembrar dos mortos com músicas e celebrações, uma maneira diferente e muito bonita de lembrar dos entes queridos.
A estética do filme é incrivelmente bela, as pontes feitas de folhas de um tom laranja vibrante é uma das coisas mais belas que já vi em filmes do gênero. Quer seja as casas e edifícios multicoloridos na cidade dos mortos ou as ruas de pedras e paredes descascadas no mundo dos vivos, tudo é detalhado nos mínimos detalhes. "Viva: A Vida é uma Festa" é uma explosão de cores que encanta quem assiste.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
Destaque também para a excelente trilha sonora que de Michael Giacchino, que incorpora instrumentos típicos e gêneros específicos às suas composições, reforçando a atmosfera cultural mexicana. Enquanto a melodia "Un Poco Loco" é super divertida, "Remember Me", música central para a narrativa é riquíssima em significado para a história.
Viva: A Vida é uma Festa (2017)
"Viva: A Vida é uma Festa" é uma das animações mais bonitas que já tive o privilégio de assistir, também emociona em diversos momentos por enfatizar os laços familiares e a importância de manter viva na memória nossos ancestrais. 
Viva: A Vida é uma Festa (2017)

Duração: 105 minutos
Categorias: Animação, Aventura, Comédia, Musical, Fantasia, Família, Mistério
Classificação: Livre
Minha Nota: 10,0

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "O Touro Ferdinando (2017)"

"Parece que, desde que você nasce, as pessoas acham que já te conhecem só pela sua aparência, seu jeito de falar, de onde vem..."

"Ferdinand" é um filme de animação 3D baseado no livro infantil Ferdinando, o Touro de Munro Leaf. O brasileiro Carlos Saldanha não é o primeiro a adaptar a história do touro Ferdinando para o cinema, em 1938, Walt Disney produziu a primeira adaptação em formato de curta-metragem - mais detalhes do curta AQUI. O curta ganhou o Oscar daquele ano como Melhor Curta-Metragem de Animação, já o longa lançado em 2017 concorre ao Oscar de Melhor Filme de Animação. Também recebeu indicação de Melhor Animação no Globo de Ouro.

Com direção de Carlos Saldanha e roteiro de Robert L. Baird, Tim Federle e Brad Coperland, o filme é lindíssimo e, despretensiosamente traz belíssimas mensagens.

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Curta-metragem: "Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen (2017)"

"Olaf's Frozen Adventure" é um curta-metragem de animação 3D, produzido pela Disney e lançado pela Walt Disney Pictures. Foi dirigido por Kevin Deters e Stevie Wermers e lançado me 2017.

O curta tem 22 minutos de duração. A história mostra Anna (Kristen Bell) e Elsa (Idina Menzel) organizando uma festa para toda a Arendelle.
Mas quando as pessoas saem do palácio e vão para suas casas para desfrutar seus costumes, as irmãs percebem que não possuem tradições familiares.
No entanto, Olaf quer tentar mudar essa situação e trazer um Natal feliz para as meninas. Ele então decide viajar pelo reino para coletar as melhores tradições locais e levar até as irmãs. Só que nem tudo sai conforme o planejado...
"Olaf: Em Uma Nova Aventura Congelante de Frozen" é uma animação carismática tanto quanto o filme original, a mensagem sobre amizade e amor fraterno continua viva. Vale a pena assistir.
 Mais detalhes do curta-metragem na página do IMDb

Classificação: Livre
Minha Nota: 8,7

domingo, 17 de setembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Os Croods (2013)"

"O amanhã é um lugar diferente de hoje ou de ontem, onde tudo é melhor!"

"The Croods" é um filme de animação leve e divertido, produzido pela DreamWorks Animation. Kirk DeMicco e Chris Sanders escreveram e dirigiram este filme que foi lançado em 2013.

A temática mostrada no filme já é bastante conhecida, mas aqui há uma releitura do mundo pré-histórico. Conhecemos os Croods, uma família pré-histórica, que passa a maior parte do tempo escondida dentro de uma caverna. A família é formada por: Grug, sua esposa Ugga, a vovó, o garoto Thunk, a pequena Sandy e a jovem Eep.

sábado, 16 de setembro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Ethel & Ernest (2016)"

"Vou por água para ferver e fazer um chá."

Poucas pessoas conhecem o filme "Ethel & Ernest". Essa belíssima animação, toda desenhada à mão, foi realizada por Roger Mainwood e teve base a premiada graphic novel de Raymond Briggs. O lançamento aconteceu em 2016.

"Ethel & Ernest" não tem nada de extraordinário, a história narrada é comum, mas a maneira como é contada faz toda a diferença. A simplicidade dessa animação a transformou em um filme grandioso, um filme de alma e coração.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Irmão Urso (2003)"

"Planejar nosso futuro com amigos que sabem ouvir. São momentos para nunca esquecer."

"Brother Bear" é uma linda e emocionante animação da Disney. Lançado em 2003, o roteiro foi escrito por Tab Murphy, Steve Bencich, Lorne Cameron, Ron J. Friedman e David Hoselton, com base no argumento de Broose Johnson, e a direção ficou nas mãos de Aaron Blaise e Robert Walker. Recebeu indicação ao Oscar na categoria de Melhor Filme de Animação.

A história se passa na pré-história e conta a história de Kenai, um adolescente que está prestes a passar por uma importante cerimônia de sua aldeia e durante a qual receberá seu totem pessoal (um símbolo de que se tornou um Homem).

domingo, 25 de junho de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Omohide Poro Poro (1991)"

"Se lembre de que no inverno, logo abaixo da neve desagradável, está a semente, que com o amor do sol, na primavera se torna a rosa."

Toda vez que escolho um filme do Studio Ghibli para assistir, já sei que farei uma viagem por um mundo mágico e terei vontade de ficar dentro da história, e, "Omohide Poro Poro" não foi diferente. Um anime singelo, delicado, bucólico, de uma sensibilidade sem igual, tocante e nostálgico, terminei de assisti-lo encantada pela beleza da obra, com saudades da minha infância e agradecida por ter vivido no campo. O filme mostra o quão valoroso é o contato com a natureza, principalmente nos primeiros anos de vida.

Lançado em 1991, "Omohide Poro Poro" foi dirigido por Isao Takahata - co-fundador do Studio Ghibli, e retrata o amadurecimento pessoal e a busca pela vida simples.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "A Viagem de Chihiro (2001)"

"Nunca nos esquecemos das coisas, apenas nos deixamos de lembrar delas."

"Sen to Chihiro no Kamikakushi" faz parte de uma categoria de filmes que tenho verdadeira adoração - os filmes sensoriais. 

Este anime esplendoroso do Studio Ghibli foi feito 100% a mão, algo raro no século 21, pois a maioria das animações lançadas nos últimos anos utilizam computação gráfica e demais efeitos visuais para realçar a história no quesito gráfico. Não tenho nenhum preconceito em relação as animações digitalizadas, mas a minha preferência é por filmes que dispensam o uso das tecnologias digitais. A leveza dos traços gera um resultado visual agradável de assistir. Semelhante a pinturas em movimento, "A Viagem de Chihiro" apresenta uma estética encantadora da melhor qualidade.

Escrito e dirigido por Hayao Miyazaki, o filme que foi lançado em 2001, conseguiu ser o 1º longa-metragem de animação a ganhar o Urso de Ouro, prêmio máximo do Festival de Cinema de Berlim, também ganhou o Oscar de Melhor Filme de Animação.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "A Bela e a Fera (1991)"

A Bela e a Fera (1991)
"São os seus defeitos que fazem de você uma pessoa única."

Dentre os clássicos animados da Disney, "Beauty and the Beast", é sem dúvida alguma, um dos mais belos. O filme conta uma história bastante conhecida, mas de uma forma mágica que remete o espectador à magia da Era de Ouro da Disney

Lançado em 1991 no Festival de Cinema de Nova Iorque, este filme chegou imponente, foi sucesso absoluto de bilheterias e conquistou o Oscar nas categorias de Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção Original por "Beauty and the Beast". Também recebeu indicações de Melhor Filme, Melhor Mixagem de Som e Melhor Canção Original por "Belle" e "Be Our Guest". Ganhou o Globo de Ouro nas categorias de Melhor Filme de Comédia ou Musical, Melhor Trilha Sonora Original e Melhor Canção Original por "Beauty and the Beast", foi indicado também na categoria de Melhor Canção Original por "Be Our Guest". Conquistou cinco Grammy e outras duas indicações, entre outros prêmios importantes. Em 2002, o filme foi selecionado para preservação no National Film Registry pela Biblioteca do Congresso por ser "culturalmente, historicamente ou esteticamente significante".

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Kubo e as Cordas Mágicas (2016)"

Kubo e as Cordas Mágicas (2016)
"Nos transformamos para continuar nossa história em outro lugar. O fim de uma história é simplesmente o início de outra."

Não estou exagerando ao afirmar que "Kubo and the Two Strings" é uma das animações mais lindas que já assisti, tanto no visual quanto na história. A aventura do garotinho Kubo é contada em Stop-Motion que deixa a história ainda mais charmosa. Os detalhes em cada quadro de cena encanta crianças e adultos. Nada passa despercebido, tudo é único e impressionante, cada paisagem deixa o espectador ainda mais vislumbrado. E nessa Era em que a computação gráfica praticamente domina os filmes de animação, saber que existem estúdios e cineastas que se dedicam a técnica artesanal é admirável.

Foi dirigido por Travis Knight, com roteiro de Marc Haimes, Chris Butler e Shannon Tindle, "Kubo and the Two Strings" é uma animação dos estúdios Laika, o mesmo de "Coraline" e "Boxtrolls". 

Lançado em 2016, o filme venceu o BAFTA 2017 na categoria de Melhor Filmes de Animação, também recebeu indicação ao Oscar de Melhor Animação e Melhores Efeitos Especiais e foi indicado como Melhor Filme De Animação no Globo de Ouro.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Zootopia - Essa Cidade é o Bicho (2016)"

"A vida é um tanto complicada. Todos cometemos erros. Não importa que tipo de animal você seja, a mudança começa com você."

"Zootopia" é uma das animações mais adoráveis que já assisti até hoje. Diverte, emociona e possibilita várias reflexões. Acredito que seja o filme mais realista já produzido pela Disney. O visual é fantástico, mas o filme vai além das técnicas cinematográficas, consegue colocar o espectador dentro da história, deixando as mensagens ainda mais intensas e significativas.

Lançado em 2016, contou com a direção de Byron Howard e Rich Moore e teve Jared Bush como co-diretor. Aclamado pela crítica e público, "Zootopia" se tornou a 4ª maior bilheteria de animação de todos os tempos. Ganhou vários prêmios, inclusive o Globo de Ouro na categoria de Melhor Filme de Animação.

Na trama, conhecemos Judy Hopps (voz de Ginnifer Goodwin) é uma coelha de uma fazenda isolada, filha de agricultores que plantam cenouras há muitas gerações.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Tokyo Godfathers (2003)"

"O amor faz dizermos verdades sem medo."

"東京ゴッドファーザーズ", mais conhecido como "Tokyo Godfathers", é um anime natalino belíssimo, que de uma forma atípica consegue transmitir o verdadeiro espírito do Natal. 

Foi o primeiro filme que assisto do cineasta Satoshi Kon, e confesso que fiquei encantada pela beleza da obra. É um anime primoroso que no decorrer da história transmite várias mensagens que vão além do tema natalino. O lançamento aconteceu em 2003 e foi roteirizado por de Kon e Keiko Nobumoto.

A trama começa na noite de 24 de dezembro. Conhecemos três sem tetos: o alcoólatra de meia idade Gin (Emori Toru); a ex-drag queen e travesti Hana (Umegaki Yoshiaki); e a adolescente fugida de casa Miyuki (OkamotoAya). Os três vivem como uma espécie de família e, na noite de Natal, encontram no lixo uma bebezinha que passam a chamar de Kiyoko.

domingo, 18 de dezembro de 2016

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Os Fantasmas de Scrooge (2009)"

"Esta noite você será visitado por três fantasmas."

"Disney's A Christmas Carol" é mais uma das dezenas de adaptações do clássico literário "A Christmas Carol" escrito por Charles Dickens e lançado em 1843 que trás em seu conteúdo valorosas lições de moral.

Produzido pela Disney e IMAX, essa animação digital 3D em captura de movimento foi escrita e dirigida por Robert Zemeckis. O lançamento ocorreu em 2009.

Apesar de ser sombria em alguns momentos, o filme é encantador. A história do velho rabugento é bem conhecida, já sabemos praticamente tudo que irá acontecer durante toda a trama, mesmo assim somos envolvidos pela magia desta bela animação.

UM POUCO SOBRE MIM

Minha foto
Sou Agrônoma por formação; artesã por profissão, escritora por vocação e blogueira por paixão. O blog Dicas de Filmes pela Scheila nasceu devido a minha paixão por filmes. É mais que um blog, é uma dica de amiga para amigos, ajudando na escolha daquele filme que pode marcar sua vida.