Dica de Filme: Deixe-a Sair (2016) - Dicas de Filmes Pela Scheila

Dica de Filme: Deixe-a Sair (2016)

 Deixe-a Sair é um filme de terror psicológico sobre uma mulher que descobre que é a gêmea sobrevivente. Foi dirigido por Cody Calahan que também co-escreveu o roteiro junto de Adam Seybold.

Deixe-a Sair (2016)
Alanna LeVierge em cena no filme "Deixe-a Sair"

Sinopse - O filme começa mostrando uma mulher sofrendo violência sexual. Passados 23 anos, Helen (Alanna LeVierge), fruto da violência, sofre um gravíssimo acidente. Enquanto se recupera, ela começa a sofrer de tremores noturnos e alucinações. Intrigada, ela faz diversos exames que revelam um tumor anormal oriundo de um gêmeo desaparecido que foi absorvido no útero de sua mãe.

Com o passar dos dias, o estado emocional e psicológico de Helen começa a se deteriorar, ela passa a acreditar que esse gêmeo não nascido está vivo dentro dentro do seu corpo e se manifesta como a versão sombria. E quer sair.


Sobre gêmeo desaparecido que deseja voltar


A temática da Síndrome do Gêmeo Desaparecido não é nenhuma novidade dentro do gênero, há vários exemplares sobre o remanescente gêmeo do mal que desejar viver, mas em Deixe-a Sair houve uma abordagem bastante perturbadora. O filme não é assustador, mas conta uma história sinistra com alguns sustos aqui e ali. 

A fotografia atraente transforma Deixe-a Sair em uma viagem visual impactante com cores vivas e cenários sombrios. As atuações são decentes, especialmente da protagonista que entrega uma ótima performance. O filme só peca na sua finalização, não é ruim, mas também não é dos melhores.

Deixe-a Sair é um filme de baixo orçamento que faz um bom trabalho de horror corporal. Não esperava muita coisa e terminei de assistir surpreendida.

Minha nota: 6.8/10
O filme é: Instigante; Sinistro; Assombroso

Ficha técnica

Título original: Deixe-a Sair
Duração: 89 minutos
Gênero: Terror, Suspense, Ficção Científica, Mistério
Classificação indicativa: 14 ano
País de origem: Canadá
Ano de lançamento: 2016