Filme: Henry - Retrato de um Assassino (Henry - Portrait of a Serial Killer, 1986) - Dicas de Filmes Pela Scheila

quinta-feira, 18 de agosto de 2022

Filme: Henry - Retrato de um Assassino (Henry - Portrait of a Serial Killer, 1986)

"Henry - Portrait of a Serial Killer" é um retrato praticamente biográfico de um psicopata. Esse filme oitentista é considerado o melhor filme de serial killer de todos os tempos. Foi dirigido por John McNaughton, que assina o roteiro junto com Richard Fire, sendo baseado em fatos reais. O lançamento aconteceu em 1986.

A excelente trilha sonora e a atmosfera sombria insere nos  coloca a par da mente insana do famoso psicopata Henry Lee Lucas, um dos maiores assassinos da história dos Estados Unidos.

Acompanhamos a trajetória doentia de Henry (Michael Rooker). Ele divide um pequeno apartamento com o ex-colega de prisão Otis (Tom Towles) que encontra-se em liberdade condicional.

Juntamente com eles, vai morar Becky (Tracy Arnold), irmã mais nova de Otis. A garota decide morar com o irmão em Chicago para trabalhar e juntar dinheiro. Ela deixa sua filha morando com a mãe numa cidade do interior dos Estados Unidos.

A medida que convivem no apartamento, uma amizade nasce entre Becky e Henry e ele confessa para ela que matou a própria mãe, o motivo do bárbaro crime alegado por ele é ela ter o obrigado a observá-la fazendo sexo com outros homens.

Becky revela que foi abusada sexualmente na infância e Henry cria uma afinidade com a jovem, além de transformar Otis em seu parceiro de crime. Matar, para ambos se torna algo corriqueiro e praticam seus atos insanos sem nenhum controle ou medo de castigos, demonstrando toda a crueldade e frieza de um ser humano desprovido de caráter. No entanto, percebemos um ar depreciativo no pequeno apartamento e podemos imaginar que as coisas por ali não vão terminar nada bem.
Filme: Henry - Retrato de um Assassino (1986)
Michael Rooker em cena no filme "Henry - Retrato de um Assassino"

Um filme incômodo   


"Henry - Retrato de um Assassino
" não mostra assassinatos brutais, mostra somente corpos já sem vida. Mas é impossível não imaginar o que poderia ter ocorrido minutos antes dos assassinatos. As imagens são chocantes, cruéis e difíceis de digerir. 

Não é um filme fácil de assistir, tampouco de esquecer, mas "Henry - Retrato de um Assassino" é um dos melhores filmes sobre serial killer já feito. A obscuridade, o ar sinistro do personagem e a forma como os corpos são apresentados no desenrolar da trama é perturbador. Não se assuste se terminar de assistir o filme sentindo náuseas e um amargor na boca, é normal quando se assiste um filme tão incômodo.

Duração: 83 minutos

Gênero: Biografia, Policial, Drama

Classificação indicativa: 18 anos

País de origem: Estados Unidos da América

Ano de lançamento: 1986

Minha nota: 8.5/10

O filme é: Perturbador; Sombrio; Revoltante; Assombroso