Filme: Dual (2021) - Dicas de Filmes Pela Scheila

domingo, 14 de agosto de 2022

Filme: Dual (2021)

 "Dual" é um conto sobre um doppelganger. Esse suspense de ficção científica foi escrito e dirigido por Riley Stearns. Teve sua estreia em 2022 no Festival de Cinema de Sundance.

A história se passa em um futuro não muito distante e conta a história de Sarah (Karen Gillan), uma jovem mulher que vive em um relacionamento sem futuro com Peter (Beulah Koale), ela também não tem uma boa relação com a mãe, (Maija Paunio). 

Certa manhã, ao acordar, Sarah se depara com uma poça de sangue na cama. Intrigada, ela faz alguns exames médicos e descobre uma doença incurável. Seu médico afirma que Sarah tem pouco tempo de vida. Por mais tediosa que seja sua vida, Sarah se importa com aqueles que ficarão sem a sua companhia. Ela então busca por um procedimento de "clonagem" de si mesma para substitui-la.

Passados alguns meses, Sarah descobre que inexplicavelmente ficou curada de sua doença. Eufórica, ela volta para casa para contar as novidades, no entanto, encontra o Duplo de Sarah (Karen Gillan) vivendo com Peter. Ela fica furiosa e diz que vai desativar seu duplo, mas Peter e sua mãe dizem que preferem o clone. 

Para piorar a situação, Sarah é informada que seu clone pediu pediu para permanecer vivo, o que significa que, por lei, elas são obrigados participar de um duelo até a morte para o qual devem se preparar em um ano.

Sarah contrata o treinador Trent (Aaron Paul) para lhe ensinar técnicas de autodefesa. Ela se aprimora tanto física quanto mentalmente, aprendendo a tolerar a violência e como funcionam os duelos de clones. Ao encontrar Peter, Sarah afirma veemente que irá matar seu clone sem dó nem piedade.
Dual (2021)
Karen Gillan e Aaron Paul em cena no filme "Dual"

Poderia ser melhor


"Dual" tem uma premissa intrigante, mas o desenvolvimento da história peca por apresentar poucos atrativos e um humor demasiadamente seco. O conceito também não é tão original como aparenta ser. O filme começa bem, mas decai consideravelmente conforme a trama se desenvolve .Os personagens são antipáticos e os diálogos mecânicos não despertam nenhuma emoção no espectador. 

Fiz um esforço enorme para gostar do filme, mas definitivamente, "Dual" não funcionou comigo. Senti falta de emoção e mais entrega do elenco. A reviravolta no fim não funciona, deixando o desfecho decepcionante. 

Duração: 94 minutos

Gênero: Suspense, Ficção Científica

Classificação indicativa: 14 anos

País de origem: Estados Unidos da América, Finlândia

Ano de lançamento: 2021

Minha nota: 4.0/10

O filme é: Monótono; Raso