Filme: O Pássaro Pintado (2019) - Dicas de Filmes Pela Scheila

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Filme: O Pássaro Pintado (2019)

< div style="text-align: justify;">"Nabarvené ptáce" é um filme de drama de guerra polêmico e perturbador escrito e dirigido por Václav Marhoul. O roteiro foi adaptado do romance homônimo de Jerzy Kosiński. O filme estreou em 2019 no Festival Internacional de Cinema de Veneza e deixou o público perplexo com o excesso de violência.

A trama segue Joska (Petr Kotlár), um menino judeu que encontra-se em algum lugar da Europa Oriental devastada pela guerra. Depois da morte da tia, o garoto passa a viver os piores horrores que alguém pode imaginar.

Sozinho no mundo, Joska encontra pessoas horríveis em seu caminho, é maltratado e acusado de ser portador de má sorte. Depois de ser humilhado, ele é jogado em um rio para morrer. Em uma de suas trágicas aventuras, ele conhece Lekh (Lech Dyblik), um criador de pássaros que demonstra afeição pelo garoto. 

Depois de testemunhar situações horríveis, Joska foge, mas é capturado por nazistas. Um soldado alemão é designado para executar o menino, porém o liberta. Joska encontra em seu caminho um padre (Harvey Keitelque parece se importar com ele, mas este o entrega a Garbos (Julian Sands), um pedófilo.

Mais tarde, Labina (Júlia Vidrnáková) o encontra vagando sozinho e o leva para casa, mas passa a espancar Joska porque ele não consegue satisfaze-la sexualmente. Ele foge e acaba sendo capturado pelo Exército Vermelho, ficando sob os cuidados de Mitka (Barry Pepper), um soldado soviético que o leva para o orfanato. Lá, chega ao fim a triste sina de Joska.

Uma poesia sombria sobre os tempos de guerra


Tentei recapitular algumas situações mostradas no filme para dar uma pequena noção do que o espectador está prestes a ver. "O Pássaro Pintado" não é um filme fácil de assistir, é brutal, intransigente, pessimista e desesperançoso. Por quase três horas somos forçados e ver todo tipo de crueldade humana.  O silêncio é predominante nesta obra, mas os diálogos são desnecessários quando as imagens falam por si. 

"O Pássaro Pintado" não é somente mais um filme sobre a Segunda Guerra Mundial, é muito mais, é sobre a supersticiosidade predominante naqueles tempos difíceis onde a maldade humana ia além dos campos de concentração. O enredo deixa claro que o pai do menino queria poupá-lo das atrocidades do Holocausto, por isso enviou o filho para longe, porém, o menino acaba sofrendo atrocidades tão terríveis quanto as vividas nos campos de concentração. 

Apesar de intragável, "O Pássaro Pintado" é um filme perfeito. É uma poesia sombria sobre os danos morais que a guerra causa nas pessoas envolvidas direta e indiretamente  no conflito. Um lembrete: só assista se realmente estiver psicologicamente saudável, do contrário passe longe deste filme.

Duração: 169 minutos
Categorias: Drama, Guerra, Terror
Classificação: 18 anos
O Pássaro Pintado (2019)
VISCERAL; PERTURBADOR; DESESPERANÇOSO