Filme: Orquídea Selvagem (1989) - Dicas de Filmes Pela Scheila

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Filme: Orquídea Selvagem (1989)

"Wild Orchid" é um filme de Zalman King todo filmado no Brasil. O roteiro escrito por Zalman e Patricia Louisianna Knop é fraquíssimo e exagerado, principalmente na maneira bizarra que retrata o Brasil. O lançamento aconteceu em 1989.


A jovem advogada Emily Reed (Carré Otis), recém-contratada por uma grande empresa, viaja para o Brasil acompanhando a executiva Claudia Dennis (Jacqueline Bisset), para finalizar a compra de um hotel. Ao desembarcar no Rio de Janeiro, Claudia descobre que o proprietário encontra-se na Argentina, ela então viaja para o país vizinho deixando Emilly encarregada de se encontrar com o excêntrico milionário James Wheeler (Mickey Rourke).

Emilly sente uma forte atração por James, mas ele não demonstra interesse, deixando ela intrigada. No dia seguinte, James leva a advogada para conhecer a cidade, mas algumas situações a deixá-la perturbada. Claudia volta de Buenos Aires com o proprietário do hotel para concretizarem a compra do hotel. Enquanto isso, Emilly se vê presa nas armadilhas sexuais elaboradas por James, nas quais ele é apenas um observador.

"Orquídea Selvagem" tentou embarcar no sucesso de "9 ½ Semanas de Amor", mas não foi bem sucedido, tornando-se num dos maiores fracassos da década de 80. A história contada tem alguns elementos interessantes sobre descobertas, mas sem profundidade deixou o filme vazio e sem sentido. As atuações são tão vazias quanto o roteiro e as cenas de erotismo sevem como um preenchimento para os furos da trama. 

As paisagens são lindas, mas a maneira como o Brasil é retratado me incomodou bastante, acredito que a maioria dos brasileiros que assistem o filme também ficam desconfortáveis diante de tanta estranheza. No geral, "Orquídea Selvagem" é só mais um filme pífio que nada acrescenta. Totalmente esquecível.

Duração: 115 minutos
Categorias: Drama, Romance
Classificação: 16 anos
Filme: Orquídea Selvagem (1989)

RASO; OUSADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!