Filme: O Homem Bicentenário (1999) - Dicas de Filmes Pela Scheila

Filme: O Homem Bicentenário (1999)

"Bicentennial Man" é um excelente filme que foi subestimado pela crítica e por uma parte do público. É difícil não se encantar com a incrível história do homem-máquina que queria se transformar em um ser humano. Trata-se de uma verdadeira reflexão sobre a condição do ser humano. Também é um dos melhores filmes do saudoso Robin Willians.

Essa comédia de ficção científica contou com a direção de Chris Columbus. O roteiro de Nicholas Kazan foi baseado no conto "The Bicentennial Man and Other Stories", escrito por Isaac Asimov e Robert Silverberg. Foi lançado em 1999 e concorreu o Oscar na categoria de Melhor Maquiagem.

A trama gira em torno de Andrew (Robin Willians), um ser mecânico adquirido por uma família americana para executar tarefas domésticas. Entretanto, Andrew apresenta um comportamento peculiar para um robô, ele demonstra raciocínio lógico e possuir sentimentos.

A convivência com a família favorece ao robô uma espécie de livre-arbítrio, mesmo assim ele continua fiel às três leis da robótica de Asimov (bastante evidenciada no filme). Andrew vive no porão da casa e constrói relógios complexos. Em determinado momento, o robô decide obter a liberdade e vai morar sozinho, deixando a família que o comprou.

Os anos passam, Andrew acaba desenvolvendo um raciocínio inteiramente humano e começa a sentir falta de companhia. Então ele decide entrar em contato com a família que o acolhera no passado.

Ele acaba descobrindo alguns descendentes e desenvolve gradualmente uma belíssima amizade com a neta da garotinha que Andrew chamada de Menininha. Uma relação complicada no início, mas que aos poucos vai se transformando em um sentimento mais profundo, o robô se apaixona pela moça, algo extraordinário para uma máquina.

Passados 200 anos, Andrew consegue finalmente ser aquilo que tanto almejou, tornar-se um ser humano com todas as suas imperfeições.

"O Homem Bicentenário" é um filme agradável de assistir. A história vai se desenrolando de maneira competente que torna-se impossível desviar os olhos da tela. O filme é muito mais que uma comédia familiar, é um drama sobre a humanidade que deveria ser assistido por todos independente da idade.

Incompreendido por grande parte dos críticos, "O Homem Bicentenário" é um filme que merecia ser melhor avaliado. Não é apenas um filme sobre robôs, o roteiro é carregado de valores que muitos humanos já perderam. 

 "O Homem Bicentenário" é uma obra que exalta o amor, a amizade e os laços familiares. É sobre a beleza da vida com todas as suas imperfeições, também é sobre nossa finitude e o que pretendemos deixar como legado de nossa breve passagem por este mundo. 

"O que nos torna diferente das outras pessoas, são as imperfeições."

Duração: 132 minutos
Categorias: Ficção Científica, Drama, Comédia, Fantasia, Família
Classificação: Livre
Filme: O Homem Bicentenário (1999)

COMOVENTE; SINGELO; REFLEXIVO