Filme: Caravaggio (1986) - Dicas de Filmes Pela Scheila

pesquisar

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Filme: Caravaggio (1986)

Filme: Caravaggio (1986)
"Caravaggio" é um filme intenso e avassalador dirigido por Derek Jarman, que também assina o roteiro em parceria com Nicholas Ward Jackson, com base no argumento de Nicholas Ward Jackson. O lançamento aconteceu em 1986.

Engana-se quem pensa que é uma simples cinebiografia do gênio das telas, o filme é simplesmente uma homenagem belíssima e poética ao pintor Michelangelo Merisi de Caravaggio (1571-1610), considerado pelos estudiosos da pintura como um precursor da arte moderna em pleno Renascimento.

Viveu apenas 39 anos, mas durante a sua breve vida deixou obras de valor inestimável como A Ceia em EmaúsBaco; NarcisoA Flagelação de CristoO Tocador de AlaúdeVocação de São MateusJudith e Holofernes, Os MúsicosO Sacrifício de Isaac; Os Trapaceiros; MedusaO Êxtase de São Francisco de AssisCrucificação de São PedroA Decapitação de João Batista; A Morte da VirgemDavid com a Cabeça de GoliasSão Francisco de Assis em Meditação, entre outras.
Filme: Caravaggio (1986)
A Ceia em Emaús
Filme: Caravaggio (1986)
A Flagelação de Cristo
Filme: Caravaggio (1986)
Vocação de São Mateus
Filme: Caravaggio (1986)
O Êxtase de São Francisco de Assis
O filme é todo em flashback. Acompanhamos as recordações de Caravaggio (Nigel Terry), que encontra-se em seu leito de morte. Sua única companhia é o jovem surdo-mudo Jerusaleme (Spencer Leigh), adotado ainda criança.
Filme: Caravaggio (1986)
O pintor nasceu em um família de posses, no entanto, desde a sua adolescência, Caravaggio (Dexter Fletcher) preferiu viver pelas ruas, num ambiente cercado de boemia e violência. Para sobreviver nas ruas, durante a adolescência ele pintava retratos e se prostituía, até ser encontrado e acolhido pelo Cardeal Del Monte (Michael Goungh). Logo eles se tornaram grandes amigos.

Anos mais tarde, Caravaggio conhece o casal Lena (Tilda Swinton) e Ranuccio (Sean Bean) e os transforma em seus modelos. No entanto, essa relação de amizade acaba se transformando em um triângulo amoroso perigoso. 
Filme: Caravaggio (1986)
A relação intensa entre os três acaba gerando uma série de tragédias.  Assistimos ao longo da trama o desenrolar de uma forte tensão entre desejos carnais e temor divino, sua busca pela identidade sexual e as contradições religiosas que o cercavam.
Filme: Caravaggio (1986)
"Caravaggio" é tão complexo, quanto enigmático. O filme revela um pouco da vida do grande pintor italiano que viveu do final do século XVI e início do XVII. Um homem que viveu eloquentemente, convivendo com pessoas devassas e cedendo a todo tipo de desejo carnal. Suas obras magníficas foram escandalosamente cultuadas pela Igreja.
Filme: Caravaggio (1986)
O filme é passeia por cenários deslumbrantes e sombrios. As cenas são incrivelmente líricas, com personagens que mais parecem estátuas vivas e esbanjam sensualidade. A fotografia barroca é maravilhosa, os tons de azul e vermelho embelezam a obra e banham os atores em luzes de velas e as cenas parecem pinturas, criando efeito fascinante, assustador e misterioso. "Caravaggio" é um filme de silêncios, feito para sentir e vislumbrar todas as suas nuances.
Filme: Caravaggio (1986)

POÉTICO; SOMBRIO; EXUBERANTE; PECULIAR
Duração: 93 minutos
Gênero: Biografia, Histórico, Drama
Classificação: 14 anos