Filme: O Albergue (2005) - Dicas de Filmes Pela Scheila

pesquisar

quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Filme: O Albergue (2005)

"Hostel" é um dos filmes mais aterrorizantes que já assisti. A direção é de Eli Roth e foi produzido por Quentin Tarantino diretor dos filmes "Bastardos Inglórios", "Pulp Fiction - Tempo de Violência", entre outros, então só poderia ser um filme forte. Foi lançado em 2005. 

Na trama, acompanhamos os mochileiros Paxton (Jay Hernandez) e Josh (Derek Richardson). Os rapazes são universitários americanos e estão em busca de aventuras na Europa. Durante a viagem eles acabam conhecendo o irlandês Oli (Eythor Gudjonsson) que decide acompanhá-los. Certa noite eles conhecem outro viajante e acabam ficando seduzidos pelos relatos do rapaz, então o trio de mochileiros decidem viajar para a Eslováquia.

Na Eslováquia, os rapazes conhecem duas belas jovens, Natalya (Barbara Nedeljakova) e Svetlana (Jana Kaderabkova). Eles ficam completamente empolgados com as garotas e com todas as experiências vividas nesse país.

No entanto, algo estranho acontece, pois um dos rapazes desaparece sem deixar pistas. No dia seguinte, outro jovem desaparece e Paxton decide investigar o que aconteceu com os dois amigos, mas ele vai descobrir algo terrível. O rapaz terá que lutar para escapar de pessoas insanas, além de ajudar uma garota fugir deste lugar sinistro.

"O Albergue" apresenta violência gratuita, colocando o espectador diante de cenas de torturas explícitas; mutilações de corpos com facas e serras, dedos cortados, corpos esmagados e muito sangue.  Para assistir até o final é necessário ter sangue frio e estômago forte. Existe duas sequências que não tenho intenção de assistir. E, ao viajar para a Eslováquia, jamais se hospede no Albergue, uma pocilga suja, estranha e onde tudo pode acontecer, até perder a vida.

"Existe um lugar onde as mais escuras e perturbadoras fantasias são possíveis."

Duração: 94 minuto
Categorias: Terror
Classificação: 18 anos
Filme: O Albergue (2005)


PERTURBADOR; GROTESCO; VISCERAL