Filme: Máquinas Mortais (2018) - Dicas de Filmes Pela Scheila

Filme: Máquinas Mortais (2018)

"Mortal Engines"  é um filme de aventura pós-apocalíptico lançado em 2018, dirigido por Christian Rivers e escrito por Fran Walsh, Philippa Boyens e Peter Jackson, com base no romance homônimo de Philip Reeve.

O filme se passa após um conflito cataclísmico conhecido como a Guerra dos Sessenta Minutos, os remanescentes da humanidade se reagrupam e formam cidades móveis. Sob uma filosofia conhecida como Darwinismo Municipal, as grandes cidades caçam e absorvem assentamentos menores no Grande Campo de Caça. Em oposição, os assentamentos da Liga Anti-Tração desenvolveram uma civilização alternativa que consiste em assentamentos estáticos protegidos pela Muralha de Escudos.

A cidade de Londres captura um pequeno assentamento chamado Salzhaken, absorvendo sua população e recursos, sob as ordens do Lord Mayor Magnus Crome (2018). Surge então uma mulher mascarada entre os Salzhakens, Hester Shaw (Patrick Malahide), ela tenta assassinar Thaddeus Valentine (Hugo Weaving), chefe da Guilda de Historiadores.

Tom Natsworthy (Robert Sheehan), um jovem aprendiz que é enviado para o "Gut" de Londres afim de encontrar tecnologia antiga para o Museu de Londres, intervém, perseguindo Hester para uma rampa de resíduos. A garota revela que Valentine assassinou sua mãe e marcou seu rosto. Quando Tom informa o ocorrido a Valentine, ele empurra o rapaz pela rampa. Katherine (Leila George), filha de Valentine, que acompanhava Tom fica inconformada ao ver seu amigo desaparecer na rampa.

Para conseguirem atravessar o Grande Campo de Caça, Hester e Tom precisam unir forças, mas ao se refugiarem em uma cidade chamada Scuttlebug, eles são capturados e vendidos como escravos. No mercado de escravos de Rustwater, eles são resgatados por Anna (Jihae Kim).

Valentine liberta Shrike (Stephen Lang), um ciborgue reanimado, de uma prisão para caçar e matar Hester. Ela então revela a Tom que Shrike a adotou quando criança e a transformou em um Stalker como ele. Enquanto isso, Katherine se mantém distante de seu pai, especialmente após Bevis Pod (Ronan Raftery) revelar que o viu empurrar Tom.

Tom e Hester são levados por Anna para a cidade aerotransportada Airhaven, encontrando-se com outros membros da Liga Anti-Tração. O rapaz descobre que Pandora (Caren Pistoriu) descobriu a MEDUSA, uma super arma de energia quântica usada durante a Guerra dos Sessenta Minutos, capaz de destruir cidades em um instante.

Shrike encontra-os e após uma luta, o ciborgue é mortalmente ferido e, percebe que Hester está apaixonada por Tom. Ele então liberta a garota da promessa. Hester, Tom e Anna, viajam para a Muralha de Escudos com os Anti-Tracionistas afim de desativar a MEDUSA, mas Valentine tentará, de todas as formas, impedi-los.

História que não empolga


"Máquinas Mortais" tem uma história interessante que foi totalmente desperdiçada. Visualmente é espetacular, misturando fantasia com ficção científica, mas só o deslumbre de um mundo pós-apocalíptico não sustenta a obra que falha na construção de personagens rasos e sem nenhum carisma.

Um bom filme precisa ter roteiro estruturado e "Máquinas Mortais" peca gravemente neste quesito. Mesmo com boas sequências de ação, o filme se torna tedioso. A maneira como a história é contada já está saturada demais dentro do gênero, passa a sensação de estarmos assistindo "mais do mesmo". "Máquinas Mortais" tinha potencial para ser um bom filme distópico, mas devido à várias falhas de roteiro, tornou-se uma experiência frustrante, pelo menos pra mim.

Duração: 128 minutos
Categorias: Ação, Aventura, Ficção Científica, Fantasia, Thriller
Classificação: 14 anos
Máquinas Mortais (2018)
ENFADONHO; RASO