Mostrando postagens com marcador Nacional. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Nacional. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Filme: "A Estrada 47 (2013)"

A Estrada 47 (2013)"Um dia tudo isso será esquecido."

Lançado em 2013, "A Estrada 47" é um filme nacional, escrito e dirigido por Vicente Ferraz. Esse drama de guerra narra a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial.

Este foi o primeiro filme brasileiro que assisti sobre a Segunda Guerra Mundial, talvez por isso tenha ficado tão impactada com a narrativa. Na época da guerra, Brasil era aliado dos Estados Unidos, Inglaterra e França. O presidente Getúlio Vargas encaminhou mais de 25 mil soldados da FEB (Força Expedicionária Brasileira) para combater os inimigos, representados pelo Eixo: Alemanha, Itália e Japão.

domingo, 28 de maio de 2017

Filme: "O Silêncio do Céu (2016)"

O Silêncio do Céu (2016)
"Meu problema não era o avião. Meu medo era o céu..."

"Era El Cielo" é um filme brasileiro-chileno dirigido por Marco Dutra com roteiro baseado no romance de mesmo título, de Sergio Bizzio. O lançamento aconteceu em 2016.

Este thriller investigativo começa a partir do momento em que o roteirista Mario (Leonardo Sbaraglia) testemunha o estupro de sua esposa, Diana (Carolina Dieckmann) por dois homens desconhecidos. Essa situação traumatizante vai repercutir e se desdobrar de muitas formas na vida deste casal que tenta reconciliação após anos separados.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Filme: "O Menino e o Mundo (2013)"

"Alguns sonhos sobrevivem."

Simplicidade, leveza e poesia resumem o filme "O Menino e o Mundo", uma pequena pérola de apenas 79 minutos que nos encanta com sua singularidade. A narrativa é fabulosa, exuberantemente artística, realizada a partir de técnicas diferentes, como desenhos em giz de cera, colagens, numa estética minimalista. Esta obra brasileiríssima justifica porque o cinema é considerado a sétima arte.

Lançado em 2013, foi escrito, dirigido e montado por Alê Abreu, recebeu indicação ao Oscar na categoria de Melhor Filme de Animação, sendo a primeira indicação do Brasil nesta categoria. Além de ser eleito o Melhor Filme Animado Independente no importante Annie Awards 2016, evento popularmente conhecido como o "Oscar da Animação Mundial".

A história, sabiamente contada sem diálogos (o filme tem traços de Brasil, mas é um filme global), nos apresenta um menino que vive em um mundo distante, numa pequena aldeia no interior de seu mítico país.

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Curta-Metragem: "Perfeito (2009)"

"Perfeito" é um curta-metragem de animação nacional, feito em 3D e dirigido por Maurício Bartok. O lançamento aconteceu em 2009.

O curta tem apenas 3 minutos de duração, mas é suficiente para extrairmos excelentes mensagens para nossa vida.

O pequeno enredo inicia com um homem solitário, isso faz com que ele tenha a necessidade de criar algo para admirar como uma fuga para a solidão.

domingo, 20 de setembro de 2015

Filme: "Que Horas Ela Volta? (2015)"

"Não me acho melhor, só não me acho pior."

Aplausos em pé para o filme "Que Horas Ela Volta?". Que obra encantadora o cinema nacional nos deu de presente, um filme simples, honesto, sólido e sensível. Mais verdadeiro, impossível. Não precisa ser sucesso de bilheteria, de crítica e de público, porque é um filme para poucos. Feito especialmente para os verdadeiros apreciadores da sétima arte.

Com sensibilidade tocante e pureza profunda, nos dá inúmeros tapas na cara e socos no estômago. Fala sobre o pouco caso e sobre as ironias de todos os acasos. Já sabia que o filme era bom, mas não esperava que era incrível. É uma obra-prima do cinema nacional. 

Lançado em 2015, escrito e dirigido por Anna Muylaert, o filme foi escolhido para representar o Brasil na competição de Oscar de Melhor Filme Estrangeiro da edição de 2016, mas não foi aceito pela academia.

sábado, 12 de setembro de 2015

Filme: "Noites do Sertão (1984)"

"Não se espante assim meu moço com as noites do sertão."

"Noites do Sertão" é um filme nacional que foi adaptado do conto 'Buriti' de Guimarães Rosa, sob direção de Carlos Alberto Prates Correia e o lançamento aconteceu em 1984.

Trata-se de um filme muito bonito visualmente. O diretor faz uma releitura honesta do universo particular sertanejo de Guimarães Rosa. 

É um filme de silêncios, por isso muitas pessoas consideram cansativo, mas não é, aqui o desejo que se esconde por trás das falas reticentes jamais se revela por inteiro. Onde quase tudo se faz as escondidas.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Curta-Metragem: "Os Anjos do Meio da Praça (2010)"

"Os Anjos do Meio da Praça" é um curta-metragem de animação brasileiro dirigido por Alexandre Camargo e Camila Carrossine. O lançamento aconteceu em 2010.

O curta tem aproximadamente 10 minutos de duração e é incrivelmente belo, também apresenta uma grande mensagem sobre orgulho, egoísmo e medo do desconhecido.

Tudo começa quando ocorre uma grande batalha entre Anjos e Demônios, um dos anjos cai na terra e acaba aprisionado pelos moradores do vilarejo onde aconteceu a queda.

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Filme: "Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)"

Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964)
"Vou contar uma história. Na verdade é imaginação. Abra bem os seus olhos. Pra escutar com atenção. É coisa de Deus e Diabo. Lá nos confins do sertão."

"Deus e o Diabo na Terra do Sol" é uma obra-prima do cinema nacional dirigido por Glauber Rocha. O lançamento aconteceu em 1964 e recebeu o prêmio de Melhor Filme Ibero-Americano no Festival de Cinema de Mar del Plata e foi indicado ao Palma de Ouro no Festival Internacional de Cannes.

Este filme entrou para minha lista dos Top 5 do cinema nacional, filme incrivelmente envolvente, a trilha sonora casa perfeitamente com a história contada. Sem dúvida, foi um marco para o cinema brasileiro e merece toda a importância que tem, tanto a obra quanto o diretor.

No sertão nordestino, vivem Manuel (Geraldo Del Rey) e sua esposa Rosa (Yoná Magalhães), camponeses pobres que, explorados, pressionam Moraes (Milton Rosa), o grande proprietário das terras. Humilhado por este, Manuel acaba matando seu patrão e, em seguida, foge com a mulher.

sábado, 1 de agosto de 2015

Filme: "Vida de Menina (2003)"

"Ela colocou no papel o mundo a sua volta, e transformou seu diário em um tesouro da literatura."

"Vida de Menina" é um filme nacional encantador que foi baseado no livro "Minha Vida de Menina" escrito por Alice Dayrell Caldeira Brant sob o pseudônimo de Helena Morley, que viveu em Diamantina, Minas Gerais, após a abolição da escravatura.

Foi dirigido por Helena Solberg e venceu como Melhor Filme no Festival de Gramado. O lançamento aconteceu em 2003.

O filme se concentra no conteúdo do diário de Alice/Helena. Pouco após a Abolição da Escravatura e a Proclamação da República no Brasil, entre 1893 e 1895, Helena Morley (Ludmila Dayer) começa a escrever seu diário, que revela seu universo e um país adolescente como a menina.

domingo, 21 de junho de 2015

Filme: "O Quatrilho (1995)"

''O inferno também existe para os padres."

"O Quatrilho" é o segundo filme brasileiro a ser indicado ao Oscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, o primeiro foi "O Pagador de Promessas" de 1962. Foi dirigido por Fábio Barreto sendo baseado no livro homônimo "O Quatrilho", escrito por José Clemente Pozenato. O lançamento aconteceu em 1995.

Apesar da pouca aceitação pelo público e crítica, o filme é muito bom, a história é simples, leve e flui muito bem, conseguindo prender a minha atenção do início ao fim.

A trama se passa no Rio Grande do Sul, em 1910, numa comunidade rural da Serra Gaúcha, composta por imigrantes italianos, oriundos em sua maioria da região do Vêneto.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Filme: "Limite (1931)"

"Limite" é um grande exemplar nacional do cinema mudo, e um dos últimos, pois o cinema sonora já estava adentrando no nosso país. 

Por fazer parte da era silenciosa do cinema, essa obra-prima do diretor Mario Peixoto exige bastante paciência e concentração, pois o filme é recheado de metáforas que precisam ser interpretadas a todo instante, porém, a história vai nos contagiando com seu clima pesado e melancólico e instiga o espectador a questionar sobre seus próprios limites.

O filme causou polêmica na época do seu lançamento, em 1931, deixando de ser exibido nos cinemas. Em meados dos anos 70 foi recuperado e se tornou um dos maiores exemplares do cinema brasileiro.

sábado, 16 de maio de 2015

Filme: "Tropa de Elite (2007)"

"Nesta cidade, todo policial tem de escolher: ou se corrompe, ou se omite, ou vai pra guerra."

"Tropa de Elite" é um filme nacional, do gênero policial, sendo dirigido por José Padilha, que também escreveu o roteiro juntamente com Braulio Mantovani e Rodrigo Pimentel e seu lançamento aconteceu em 2007. Recebeu o Ours D'or no Festival de Berlin.

Este filme é um dos maiores ícones da cultura pop brasileira no século XXI. Talvez seja um dos filmes brasileiros mais vistos no país e é inegável a grandiosidade da obra, a qualidade é excelente e o enredo consegue prender a atenção do espectador já no primeiro minuto, sendo altamente realista, desde o roteiro (baseado em fatos reais), passando pelos cenários, figurinos e atuações.

A trama acontece na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil e mostra com uma profunda precisão a realidade da polícia carioca, conhecemos a história do Capitão Nascimento (Wagner Moura), membro do eficiente BOPE, esquadrão que entra em ação quando a PM não é suficiente para controlar o caos generalizado na cidade.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Filme: "Estômago (2007)"

"Cozinha simples é como uma pintura de Picasso: simples, mas intensa."

"Estômago" é um filme nacional de altíssimo nível do cineasta Marcos Jorge. O roteiro é uma crítica não muito explícita sobre preconceitos, prostituição e realidade carcerária e, nos leva a refletir sobre dois temas universais: comida e poder. Eleva a comida ao status universal: princípio e fim. Desde a necessidade básica do ser humano em se alimentar até o poder exercido sobre outras pessoas por parte de quem tem o dom de transformar simples alimentos em manjares dos deuses.

O filme é uma coprodução de Brasil e Itália e seu lançamento aconteceu em 2007. Foi inspirado no conto "Presos pelo Estômago", do livro "Pólvora, Gorgonzola e Alecrim", escrito por Lusa Silvestre.

A história começa com uma explicação hilária sobre a origem do queijo gorgonzola pelo simpático Raimundo Nonato (João Miguel), este, transborda pureza com seu sotaque nordestino marcante. O rapaz demonstra felicidade contagiante ao transmitir o seu conhecimento sobre a culinária.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Filme: "Abril Despedaçado (2001)"

"Em terra de cego, quem tem um olho só, todo mundo acha que é doido."

"Abril Despedaçado" é um filme magnífico do cinema nacional, e com tamanha sensibilidade que somente o cineasta Walter Salles seria capaz de produzir. O diretor retrata a vida triste e endurecida da população do sertão, mas sem deixar de lado a poesia, o lado lírico da obra e consegue tocar o espectador com diálogos secos e marcantes. Sem dúvida alguma, este filme é de altíssimo nível, podendo ser comparado com os melhores filmes do cinema mundial. 

É uma coprodução de Brasil, França e Suíça e seu lançamento aconteceu em 2001.

A trama se passa na geografia desértica do sertão brasileiro, em 1910. É nesse lugar que vive Tonho (Rodrigo Santoro) e sua família. A família Breves (família de Tonho) e a família Ferreira vivem uma guerra por posses que se arrasta por gerações.

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Filme: "O Lobo Atrás da Porta (2014)"

"Tá me assustando. Você comprou uma arma? Pra que você comprou uma arma."

Após assistir "O Lobo Atrás da Porta" percebi que o cinema nacional está evoluindo a passos largos. Que filmaço! Senti orgulho de assistir uma obra desse patamar vindo do cinema brasileiro.

O filme prendeu a minha atenção do início ao fim. Um suspense na medida certa, que começa bem despretensiosamente mas vai crescendo a cada nova cena. E o que falar do desfecho, perturbador, ainda mais por saber que é baseado em uma história real. Foi dirigido por Fernando Coimbra e seu lançamento aconteceu em 2014.

domingo, 5 de abril de 2015

Curta-Metragem: "Amor! (1994)"

"Amor!" é um curta-metragem nacional que foi dirigido por José Roberto Torero e lançado em 1994.

Em 14 minutos, o curta mostra as mais diversas formas de definir o que é amor, seja científica ou romântica e com muito humor. 

Vemos um conjunto de pequenas histórias mostrando que amar não é algo fácil e nem todas as pessoas estão preparadas para colocar em prática tal sentimento. Não vou comentar sobre as histórias, mas recomendo o curta para todos, pois acima de tudo, é bem divertido.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Curta-Metragem: "Rua das Tulipas (2008)"

"Rua das Tulipas" é um curta-metragem de animação produzido pela Escola de Cinema OZI (Brasília) em 2007 e foi o único filme brasileiro a ser selecionado para participar do Siggraph, um dos maiores eventos de computação gráfica do mundo.

O curta tem 10 minutos de duração e encanta crianças, jovens e adultos por ser uma obra singela e doce. 

Acompanhamos a história de um grande inventor acostumado a criar soluções para todo os moradores de sua rua, a Rua das Tulipas, após ver a felicidade de todos seus vizinhos descobre que ainda faltava a felicidade de uma pessoa...

domingo, 22 de março de 2015

Curta-Metragem: "O Homem que Nunca Tinha ido ao Cinema (2011)"

"The Man Who Had Never Been to the Cinema" é um curta-metragem de animação produzido pela Rede Telecine como incentivador para as pessoas frequentarem as salas de cinema.

O 'curtinha' tem apenas 2 minutos de duração e mostra a história emocionante de um homem que temeu durante toda a sua vida as salas escuras do cinema. Para ele, no cinema havia seres monstruosos e assustadores, mas os anos passaram e durante seus últimos suspiros de vida, ele percebeu que a vida é um filme maravilhoso.

sábado, 21 de março de 2015

Curta-Metragem: "O Céu no Andar de Baixo (2011)"

"O Céu no Andar de Baixo" é um curta-metragem de animação, poético e lírico, que foi dirigido por Leonardo Cata Preta. Seu lançamento aconteceu em 2011. 

O premiado curta nacional tem 15 minutos de duração e conta a história do menino Francisco, de 12 anos de idade, que adora fotografar o céu. Mas certo dia, algo diferente aparece em uma de suas fotografias. Algo que mudará para sempre a rotina desse garotinho.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Curta-Metragem: "Hotel do Coração Partido (2006)"

"Hotel do Coração Partido" é um curta-metragem de animação dirigido pelo pernambucano Raoni Assis e seu lançamento aconteceu em 2006.

O 'curtinha' tem 5 minutos de duração e conta a história do Ronaldo, o homem que possuía um coração muito grande. Seu coração era dividido em vários compartimentos, tinha para a mãe, para o pai, para o cachorro e para todos que Ronaldo amava.

Seus relacionamentos amorosos também tinham seus espaços reservados, até que certo dia, após conhecer uma linda moça, Ronaldo decide armazenar mais compartilhamentos para ela, porém...