Dica de Filme: Stranger (2019) - Dicas de Filmes Pela Scheila

Dica de Filme: Stranger (2019)

Stranger é um filme de suspense e ficção científica ucraniano escrito e dirigido por Dmitriy Tomashpolskiy.

Stranger (2019)
Anastasiya Yevtushenko em cena no filme "Stranger"

Sinopse - A trama gira em torno da investigadora Gluhovsky (Anastasiya Yevtushenko). No passado ela foi designada para resolver um misterioso caso de desaparecimento onde uma equipe de nado sincronizado desaparece nas águas. Por mais empenhada que estivesse, a investigadora não conseguiu solucionar o caso.

Cinco anos depois, pessoas começam a desaparecer misteriosamente durante os banhos realizados em uma clínica de bem-estar que localizada em um centro de tratamento de água nos arredores de Kyiv. Gluhovsky está novamente a frente das investigações e está determinada a descobrir o mistério por trás dos desaparecimentos. 

Para isso, ela decide se hospedar na clinica e realizar os famosos banhos de pinho e espuma oferecidos pela equipe. Aos poucos, Gluhovsky começa a mergulhar em um mar de delírios e, logo ela percebe, que a verdade é impenetrável.

O perigo está em todo lugar


Stranger é um autêntico filme lovecraftiano. O enredo é tão bonito quanto incompreensível. O comum não se faz presente nessa obra, tudo é incognoscível. Há monstros nas águas, assim como há monstros fora das piscinas. O luxo da clínica contrasta com o lixo tóxico da estação de tratamento. 

Os cenários são impressionantes. As imagens vistas de cima criam uma atmosfera ameaçadora. As cores supersaturadas e os efeitos de sombras nas águas deixam o filme ainda mais nebuloso.  Nem todos vão gostar de Stranger, o filme é fortemente poético. A trama é complexa e difícil de acompanhar, quem não gosta de mistérios oníricos certamente vai ficar entediado. 

Minha nota: 6.5/10
O filme é: Onírico; Sombrio 

Ficha técnica

Título original: Storonniy
Duração: 90 minutos
Gênero: Suspense, Ficção Científica, Mistério
Classificação indicativa: 12 anos
País de origem: Ucrânia
Ano de lançamento: 2019