Filme: The Deep House (2021) - Dicas de Filmes Pela Scheila

domingo, 21 de novembro de 2021

Filme: The Deep House (2021)

"The Deep House" é o primeiro filme de casa-assombrada subaquática que assisti, mas nem sempre uma ideia original tem resultado satisfatório. Foi dirigido por Alexandre Bustillo e Julien Maury que co-escreveram o roteiro junto de  Rachel Parker e Julien David. O lançamento aconteceu em 2021.

O filme acompanha Ben (James Jagger) e Tina (Camille Rowe), um casal de youtubers que está viajando pela Europa em busca de lugares assombrados. No sudoeste da França eles encontram um lago artificial onde existe uma mansão subaquática, que segundo o guia, Pierre (Eric Savin), encontra-se em perfeito estado de conservação. Eles então submergem e encontram a casa.

Uma vez dentro da casa, o casal passa a vivenciar coisas estranhas como ouvir vozes e ruídos incomuns. Conforme vão adentrando, Ben e Tina visualizam mobílias, utensílios e fotos estranhamente bem conservados. Também encontram reportagens de crianças desaparecidas na época e alguns símbolos ritualísticos. Em um cômodo secreto o casal encontra algo extremamente macabro que vai mudar suas vidas para sempre.


Ótimo conceito, mas mal executado


"The Deep House" tinha um grande potencial. O conceito de uma casa-assombrada submersa tem um apelo interessante, ainda mais para quem tem claustrofobia e tem pavor de água escura. A ideia de limitação de luz e de ar comprimido causa aflição, mas a sucessão de falhas torna a experiência de assistir frustrante. Devido a pouca luz, o filme é bastante escuro, tornando as situações confusas. 

Os primeiros trinta minutos são bons, eu realmente gostei bastante, mas depois que o casal entra na casa as situações tornam-se tão mundanas que acabei entediada. Sem nada de novo a acrescentar ao gênero, "The Deep House" é só mais um filme de terror como tantos outros lançados semanalmente. É assistível, porém esquecível.

Duração: 85 minutos
Categorias: Terror, Suspense, Mistério, Drama
Classificação: 14 anos
The Deep House (2021)
CLAUSTROFÓBICO; CONFUSO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!