Filme: A Felicidade Bate à sua Porta (1948) - Dicas de Filmes Pela Scheila

terça-feira, 14 de setembro de 2021

Filme: A Felicidade Bate à sua Porta (1948)

"Good Sam" é um filme muito bonito que infelizmente ficou esquecido no tempo. Essa comédia dramática de Leo McCarey traz uma mensagem maravilhosa que aquece o coração. O roteiro de Ken Englund conta a história de um rapaz que levava a sério o princípio universal de fazer aos outros o que gostaria que fizessem a você. Foi lançado em 1948.

O filme apresenta Samuel "Sam" Clayton (Gary Cooper), gerente de uma Loja de Departamentos, cujo chefe, H.C. Borden (Edmund Lowe), visa apenas os lucros da empresa. Sam, no entanto, preocupa-se mais com o bem-estar de todos aqueles que o procuram do que nas questões materiais.

Inspirado no sermão de domingo do reverendo Daniels (Ray Collins), o bom samaritano empresta seu carro a seus vizinhos, os Butlers. Sua esposa Lu Clayton (Ann Sheridan) não aprova. No dia seguinte, Sam se vê forçado a pagar o mecânico Nelson (Clinton Sundberg) que foi chamado para consertar o carro dos vizinho, ele também convida o rapaz para tomar café.

Como retribuição pela gentileza, Sr. e a Sra. Nelson (Minerva Urecal) convidam Lu e Sam para jantarem juntos, a mulher revela que trabalha com vendas de casas, ela fala sobre uma casa que se encontra à venda, fazendo com que Lu vislumbre a realização de seu maior sonho, comprar sua própria casa. Entretanto, Sam havia emprestado todas as suas economias ao Joe Adams (Todd Karns), antigos vizinhos. Esse fato acaba deixando Lu arrasada e colocando em risco o casamento deles. Mas a vida é sábia e sempre devolve aquilo que é oferecido.

"A Felicidade Bate à sua Porta" lembra em alguns momentos o maravilho "A Felicidade Não se Compra" de Frank Capra. O protagonista dessa história é a bondade em pessoa, ele não sabe dizer não e isso às vezes coloca em risco o conforto de sua própria família. É importante ajudar os outros, mas empatia só é boa quando o comportamento dos outros a espelha, caso contrário, quem tem um bom coração acaba sendo usado. Até nos atos de altruísmo é preciso ter equilíbrio.

O filme tem algumas falhas, a maior delas é tentar se parecer com clássicos natalinos consagrados, ainda assim "A Felicidade Bate à sua Porta" se destaca por abordar o tema de maneira cômica e comovente. É um pequeno grande filme que merece ser redescoberto.

Duração: 114 minutos
Categorias: Comédia, Romance, Drama, Família, Domínio Público
Classificação: Livre

Filme: A Felicidade Bate à sua Porta (1948)

CATIVANTE; DIVERTIDO; COMOVENTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!