Filme: Doce Novembro (2001) - Dicas de Filmes Pela Scheila

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Filme: Doce Novembro (2001)

"Sweet November" é daqueles filmes que nos marcam profundamente. Keanu Reeves e Charlize Theron criaram uma das melhores histórias de amor de todos os tempos. A química entre eles é perfeita.

Dirigido por Pat O'Connor com roteiro de Kurt Voelker, é remake do filme "Por Toda a Minha Vida" de 1968, porém, essa versão de 2001 conseguiu se superar, sendo considerada muito melhor que a original.


Conta a história de Nelson Moss (Keanu Reeves), um publicitário que dedica sua vida exclusivamente ao trabalho. Ele precisou se ausentar do emprego divido o vencimento de sua carteira de motorista, mas ao realizar a prova, viu que não conseguiria resolve-la, pois não havia estudado e Nelson resolve pediu uma "colinha" para a moça que estava ao seu lado, Sara Deever (Charlize Theron) prontamente tenta ajuda-lo, mas é flagrada  e acaba perdendo o direito de fazer a prova e de dirigir por 30 dias.

Na saída, Sara pede ajuda para Nelson, mas ele age com prepotência e arrogância. Sara não desiste, segue-o e faz um escândalo na frente da casa do rapaz até que ele vai falar com a garota. Ela pretendo ajudá-lo e faz uma proposta, caso ele concorde, ela cuidaria dele durante todo o mês de novembro. Nelson ri da estranha ideia de Sara e vai embora. 

Contudo, a arrogância de Nelson e as atitudes descompensadas no trabalho provocam sua demissão, para piorar, a namorada o abandonou. Em meio a todas essas situações desagradáveis, Sara surge novamente em sua vida e ele aceita, em partes, a proposta da moça.

No dia seguinte, Nelson se assusta com as atitudes "levianas" de Sara e decide ir embora, ela tenta convencê-lo a ficar e acaba sendo ofendida por ele. Após perceber que havia magoada a garota, ele decide passar o dia todo com ela. No correr do tempo, Nelson se descobre completamente apaixonado e resolver preparar uma surpresa para Sara, faz um pedido de casamento, mas fica espantado com a recusa do pedido.

A partir desse momento, ele investiga a vida de Sara e acaba descobrindo algo que mudará para sempre sua vida, Sara possui uma grave doença que encontra-se em estado avançado. Mas Nelson não desistirá facilmente de lutar pelo seu grande amor, ele tenta convencê-la a voltar para o tratamento, só que ela sabe que não tem nenhuma chance de cura e decide abandoná-lo.

Apesar da doença, Sara sente-se feliz, pois ajudou a transformar a vida do homem pelo qual ela havia se apaixonado e tinha certeza que ele jamais esqueceria aquele mês em que viveram juntos.

"Doce Novembro" é um filme maravilhoso e emocionante. Quando assisti pela primeira vez, não fazia ideia do quão comovente o filme é, lembro-me que chorei de soluçar. A história é linda e muito triste, mas também tem alguns momentos engraçados. 

O filme também induz questionamentos sobre a vida. Temos uma mania tola de sabotar o presente por medo do futuro. Somos donos do nosso destino, podemos e devemos mudá-lo constantemente. Se abandonarmos velhos hábitos e deixarmos de lado os sentimentos mesquinhos, certamente teremos uma vida mais leve e feliz. Sara não é uma pessoa má, ela estava tentando aproveitar a vida do seu jeito, mas ao tentar evitar um possível sofrimento futuro, ela sabota seu presente, e ainda destrói uma boa oportunidade de ser feliz.

Vejo em "Doce Novembro" uma história verossímil, um pouco dramática, mas real. Pessoas reais nem sempre fazem suas melhores escolhas. É um bom filme, romântico sem ser meloso.

Duração: 120 minutos
Categorias: Drama, Romance
Classificação: 12 anos
Filme: Doce Novembro (2001)


COMOVENTE; PUNGENTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!