Filme: Ethel & Ernest (2016) - Dicas de Filmes Pela Scheila

quinta-feira, 8 de abril de 2021

Filme: Ethel & Ernest (2016)

 Poucas pessoas conhecem o filme "Ethel & Ernest". Essa belíssima animação, toda desenhada à mão, foi realizada por Roger Mainwood e teve base a premiada graphic novel de Raymond Briggs. O lançamento aconteceu em 2016.

"Ethel & Ernest" não tem nada de extraordinário, a história narrada é comum, mas a maneira como é contada faz toda a diferença. A simplicidade dessa animação a transformou em um filme grandioso, um filme de alma e coração.

A história tem início em Londres de 1928, o leiteiro Ernest Briggs se apaixona pela camareira Ethel. Após alguns encontros, eles decidem se casar e vão morar numa casa grande. Aos poucos, Ernest vai mobilhando a casa e a transformando em um lindo e aconchegante lar.

Dois anos se passam e em 1934 nasce Raymond, filho do casal. Agora a felicidade de Ethel e Ernest está completa. E eles seguem a vida numa simplicidade encantadora.

Tudo corria perfeitamente bem, até o inicio da Segunda Guerra Mundial e Raymond vai para a casa das tias no campo. Lá ficaria protegido da guerra que avançava rapidamente pela Europa. Ernest acompanha diariamente as notícias através do rádio. Quando a guerra chega ao fim, o casal celebra o retorno de Raymond e o nascimento de um Estado de bem-estar para a população londrina.

No entanto, Ethel não vê com bons olhos o socialismo e o progresso tão celebrado pelas pessoas no período pós-guerra. A vida segue seu rumo e a família continua unida e feliz. Raymond manifesta o desejo de entrar para as Forças Armadas, isso deixa Ethel inquieta.

Os anos vão passando, Raymond se forma na universidade e resolve se casar com Jean. Os pais dele tem boa impressão da moça, até Ethel ficar sabendo que Jean sofre de esquizofrênica, esse fato a deixa preocupada e triste, pois seu grande sonho era ser avó.

"Ethel e Ernest" é a doçura em forma de filme. Acompanhamos, ao longo da trama, alegrias e tristezas, desafios e conquistas de um casal "comum" mas com almas iluminadas. Ethel e Ernest tem muito a nos ensinar. 

É uma animação muito bem feita, os traços desenhados à mão transmitem delicadeza e magia, e mesmo nos momentos mais tensos, o filme não perde sua ternura. "Ethel e Ernest" merece ser conhecido por todos, pois é um filme acolhedor. Sem dúvida, é uma bela homenagem que Raymond Briggs prestou aos seus pais.

Filme: Ethel & Ernest (2016)

ADORÁVEL; POÉTICO; MARCANTE

Duração: 94 minutos

Categorias: Animação, Histórico, Drama, Família

Classificação: 10 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!