Filme: Apocalypto (2006) - Scheila Scisloski - Dicas de Filmes e Séries

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Filme: Apocalypto (2006)

"Apocalypto" é um filme forte e violento, também é muito bonito. O início é bem leve, mas rapidamente somos jogados para dentro da trama e conseguimos sentir a adrenalina dos personagens. Aborda uma época histórica pouco explorada pelo cinema moderno. Afinal, trata-se de um assunto perigoso e fácil de se tornar um desastre, não sendo o caso deste filme, que foi bem sucedido.


Esse épico é o 4º filme de Mel Gibson como diretor e surge logo após o sucesso do polêmico "A Paixão de Cristo". Gibson também escreveu o roteiro em parceria com Farhad Safina. O lançamento aconteceu em 2006 e recebeu indicações ao Oscar nas categorias de Melhor Som, Melhor Edição de Som e Melhor Maquiagem. 

Um diferencial é que o dialeto utilizado no filme é em Yucateca, linguagem da tribo que vivia na Península de Lucatã, na civilização Maia, antes da colonização espanhola. 

Inicialmente, conhecemos o caçador Jaguar Paw (Rudy Youngblood) que vive com a sua esposa grávida, o filho e com o seu pai numa idílica aldeia na selva da América Central.

Certo dia, sua vida tranquila é interrompida devido à invasão da aldeia que é atacada por outro povo. Jaguar Paw luta em um massacre no qual o seu próprio pai é assassinado. E apesar de todo o desespero, ele consegue esconder sua família numa gruta, deixando-a em segurança, aparentemente.

Juntamente com outros membros do seu povo, Jaguar Paw é capturado e levado para uma cidade Maia, na qual durante o percurso veem uma garota que faz um presságio que deixa alguns Maias intrigados.

Nesse local, as mulheres capturadas são vendidas como escravas e os homens são levados para uma pirâmide, onde haverá um ritual. Ao chegar a vez de Jaguar Paw ser o sacrifício, acontece um eclipse solar que é interpretado pelo sumo sacerdote como um sinal de que o deus-sol não deseja os sacrifícios. E nesse momento o pressagio da garotinha começa.

Jaguar Paw e outros prisioneiros são transferidos para um campo onde terão que lutar por suas vidas, enquanto lhes são disparadas flechas e pedras. Ele é bem sucedido, mas na fuga acaba se ferindo durante a luta com o filho de Lobo Zero (Raoul Trujillo) e, mesmo ferido gravemente, embrenhar-se na selva. Porém, o guerreiros Maias o perseguem.

Durante a fuga, tem inicio uma forte tempestade e Jaguar Paw lembra que sua esposa grávida e o filho pequeno estão dentro da caverna, e caso a chuva não parar, sua família poderá morrer afogada. E ele juntará suas últimas forças para fugir dos guerreiros Maias e salvar a família.

Neste filme, sabe-se que são explorados um drama que aconteceu durante o declínio do Império Maia, pouco antes da chegada de colonizadores europeus na América Central, durante o Século XV. É interessante observar como era as crenças dessa civilização, que em nome de seus deuses, ofereciam como sacrifício, os capturados, para que suas terras se tornassem mais férteis.

O destaque é a maquiagem que é impecável, cobrindo dezenas de atores com pinturas, acessórios e machucados. A direção também está ótima, Gibson optou por deixar as cenas acontecerem com poucas falas, tornando a produção uma aventura visual e frenética.

Filme Apocalypto (2006)
"Apocalypto" é um filme que contém violência excessiva, tornando-o ideal para quem tem 'estômago forte', não sendo recomendado para pessoas sensíveis. 

Mesmo sendo brutal, a produção é bem interessante pelo rigor estético e excelência na direção, tornando-o altamente recomendável.

"Uma grande civilização não se conquista por fora, sem que antes se destrua por dentro."

BRUTAL; PUNGENTE; TENSO

Duração: 139 minutos

Categorias: Épico, Aventura, Drama, Ação

Classificação: 16 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!