Curta-metragem: Flores e Árvores (1932) - Dicas de Filmes Pela Scheila

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Curta-metragem: Flores e Árvores (1932)

"Flowers and Trees" é um curta-metragem de animação que faz parte da série Silly Symphonies da Disney, sendo o curta número 29. Foi dirigido por Bur Gillett e seu lançamento aconteceu em 1932.

É o primeiro trabalho em Technicolor da história, até então só havia filmes lançados em duas cores. O projeto inicial era em P&B (preto-e-branco), mas os produtores decidiram que o curta seria o teste perfeito em cores e refizeram a obra colorida. Resultado: "Flores e Árvores" foi um grande sucesso de crítica e de público, vencendo o Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação, sendo a primeira estatueta para curta-metragens da história do cinema.

E quando encontro preciosidades como esta é que percebo o quanto a Internet é importante em nossas vidas, de que outra maneira iríamos assistir um curta-metragem raríssimo e histórico como este?

A trama se passa na primavera. Flores, árvores e cogumelos fazem todos os dias seus exercícios matinais de relaxamento. Observamos que algumas árvores tocam harpas feitas com cordas de videiras.

Em meio a toda essa euforia, surge uma pequena discussão entre uma árvore oca e rabugenta com uma árvore jovem e gentil. Quem vence é a árvore jovem, no entanto, a árvore oca inicia um incêndio na floresta. O desespero toma conta de todas as plantas que viviam na floresta. Alguns pássaros tem uma ideia genial, eles voam até as nuvens e abrem pequenos buracos, provocando chuva.

Após o incêndio ser controlado, a árvore jovem pede sua namorada em casamento. E a alegria volta a predominar na floresta, uma pequena lagarta se oferece para ser o anel de casamento e um belo arco-íris enfeita a festa.
Curta-metragem: Flores e Árvores (1932)
"Flores e Árvores" tem apenas 8 minutos de duração, mas é o suficiente para transmitir belas mensagens e deixar um sorriso estampado no rosto de todos que assistirem. 

ADORÁVEL

Um curta por dia: 128/366
Classificação: Livre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!