16 de maio de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "O Sacrifício do Cervo Sagrado (2017)"

"Não sinto raiva dele, me sinto mal por ele."

"The Killing of a Sacred Deer" é um inquietante thriller do grego Yorgos Lanthimos - mesmo diretor de "Dente Canino" e "The Lobster". Estreou em 2017 no Festival de Cannes e competiu pelo Palm d'Or. O roteiro foi escrito por Lanthimos juntamente com Efthymis Filippou, tendo como fonte de inspiração  Ifigênia em Áulide, a última peça teatral que se tem conhecimento de Eurípides, o famoso poeta grego.

A trama acompanha Steven Murphy (Colin Farrell), um competente cirurgião cardiovascular que mantém uma estranha amizade com Martin (Barry Keoghan), um jovem de 16 anos.


O Dr. esconde essa amizade da esposa Anna (Nicole Kidman) e de seus filhos Kim (Raffey Cassidy) e Bob (Sunny Suljic). Ele sente que tem obrigação de cuidar do jovem, que perdeu o pai na mesa de operação, justamente quando era operado por Steven.
Steven decide então apresentar o garoto à família. No entanto, quando Martin não recebe mais a atenção desejada, ao invés de se afastar ele se aproxima cada vez mais da família Murphy.
Martin tenta uma aproximação de Steven com sua mãe (Alicia Silverstone), mas ao perceber que seu plano não da certo, ele muda de estratégia. Misteriosamente, os filhos do casal ficam doentes e não conseguem andar ou mesmo comer. Cada dia que passa as crianças ficam mais doentes e a cura só se dará quando houver um sacrifício, igualmente fez Agamemnon durante a Guerra de Tróia. 
"O Sacrifício do Cervo Sagrado" faz parte daqueles filmes que desperta amor ou ódio, não existe meio termo. Não é um filme para todos os públicos, na realidade, é uma obra para um grupo bem restrito de espectadores. A maneira como foi filmado já causa uma certa agonia, a câmera se movimenta constantemente. Por vezes começa afastada e vai se aproximando dos personagens. Em outros momentos ocorre justamente o contrário.
O ritmo lento e a forma robótica como agem os personagens foram mexendo com minhas emoções. Do estranhamento inicial surgiu uma certa compaixão por aquela família esquisita, eles são tão vazios de sentimentos que parecem seres sem almas. O incômodo foi inevitável em praticamente todo o filme. A paleta de cores neutras cria uma atmosfera de sonho, ou pesadelo.
"O Sacrifício do Cervo Sagrado" é um filme desafiador, enigmático, totalmente diferente das obras hollywoodianas que estamos acostumados a ver. É estranhamente maravilhoso que vale a pena conferir, mas só recomendo para quem não gosta de obras mastigadas, aqui tudo é complexo.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 121 minutos
Categorias: Thriller, Mistério, Drama
Classificação: 16 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Coleção Filmes de Domínio Público