Dicas de Filmes pela Scheila: Filme: "O Destino de Uma Nação (2017)"

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Dicas de Filmes pela Scheila , Filme: "O Destino de Uma Nação (2017)" , Biografia , Drama , Guerra , Histórico , Lançamento 2017 ,
Textual description of firstImageUrl

Filme: "O Destino de Uma Nação (2017)"

Tempo de leitura:
"O sucesso não é definitivo, a falha não é fatal. O que importa é a coragem de continuar."

"Darkest Hour" é um filme britânico dirigido por Joe Wright a partir do roteiro escrito por Anthony McCarten. Lançado 2017 durante o Festival de Cinema de Telluride, esse drama de guerra ganhou o Oscar nas categorias de Melhor Ator e Melhor Penteado e Maquiagem, concorreu também como Melhor Filme, Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino e Melhor Fotografia.

Ganhou o Globo de Ouro como Melhor Ator em Drama. No Critics' Choice Awards venceu como Melhor Ator  e Melhor Cabelo e Maquiagem, também foi indicado na categoria de Melhor Filme. Venceu o BAFTA nas categorias de Melhor Ator e Melhor Cabelo e Maquiagem, teve indicações nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Filme Britânico, Melhor Trilha Sonora Original, Melhor Figurino, Melhor Fotografia e Melhor Designer de Produção.

A trama se passa em um momento definitivo da Segunda Guerra Mundial. Já no inicio do filme acompanhamos como a assembleia conseguiu tirar Neville Chamberlain (Ronald Pickup) e dar a Winston Churchill (Gary Oldman) o cargo de Primeiro-ministro Britânico.
A missão de Churchill é impedir o avanço brutal da Alemanha sobre a Europa, porém, deve enfrentar dilemas exaustivos a fim de garantir a integridade do seu povo e dos seus aliados.
Então entra em cena a secretária Elizabeth Layton (Lily James), uma jovem que representa olhos do povo. Trabalhando com Churchill, ela nos revela quem é o ser humano por trás do título de "homem mais importante do mundo".
Também somos apresentados a sua esposa Clementine (Kristin Scott Thomas) e ficamos sabendo como era a relação do primeiro-ministro com sua família.
Já nos bastidores, Halifax (Stephen Dillane) e o Rei George VI (Ben Mendelsohn) são a oposição e a aliança conflitante em tempos de guerra. É nesse clima do início da Segunda Guerra Mundial que conhecemos um bunker destinado a ser o gabinete onde se decide como enfrentar o avanço nazista pela Europa.
O filme desenvolve de maneira excelente a personalidade de Churchill {um homem antipático, odiável em diversos momentos}, como também a tensão provocada pela guerra e o avanço nazista pela Europa. "O Destino de Uma Nação" deixa claro que por trás da guerra há sempre a política. 
Neste filme, não há batalhas, mortes e destruição, o que prevalece são as negociações. O clímax do filme acontece quando a Inglaterra precisa optar por mandar um pequeno grupo para o sacrifício ou arriscar perder uma tropa inteira. E nesse momento crucial as escolhas de Churchill são precisas. Constatamos que a Operação Dínamo passou por muitas decisões difíceis até a sua conclusão.
"O Destino de Uma Nação" mostra como estava os sentimentos do povo em relação à guerra. O filme cria um elo perfeito entre os anseios de Churchill e as incertezas dos ingleses. É interessante observar a reação das pessoas ao se deparar com o primeiro-ministro pegando metrô, esse feito inédito é justamente para ouvir pessoas comuns sobre suas expectativas em relação aos rumos da guerra.
O filme avança numa contagem regressiva. Os diálogos inteligentes evitam que as conversas sobre política se tornem enfadonhas. Destaque para o ator Gary Oldman que nos presenteia com uma atuação sublime, ele entrega um Churchill além das polêmicas e revela a sua natureza humana. Sua interpretação perfeita não tira o mito do primeiro-ministro, mas o aproxima da realidade. "O Destino de Uma Nação" não se limita em ser apenas um filme histórico, consegue também entreter o espectador.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 125 minutos
Categorias: Histórico, Biografia, Drama, Guerra
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 9,3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário!