30 de janeiro de 2018

Textual description of firstImageUrl

Filme: "Razão e Sensibilidade (1995)"

"Tempo não significa nada, alguns nem em sete anos se conhecem, para outros sete dias bastam!"

Lançado em 1995, "Sense and Sensibility" é lindo filme de romance dirigido por Ang Lee a partir do roteiro de Emma Thompson, com base no romance homônimo de Jane Austen, publicado em 1811.

Venceu o Oscar na categoria de Melhor Roteiro Adaptado e foi indicado como Melhor Filme, Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Fotografia, Melhor Figurino e Melhor Trilha Sonora. Ganhou o Globo de Ouro nas categorias de Melhor Filme - Drama e Melhor Roteiro, recebeu indicações nas categorias de Melhor Diretor, Melhor Atriz - Drama, Melhor Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Trilha Sonora. No BAFTA, venceu como Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, também foi indicado nas categorias de Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem e Melhor Música. Recebeu mais prêmios e indicações em outras premiações do cinema, mas não citarei todos porque é uma lista bastante extensa.

O filme é centralizado nas duas irmãs Dashwood, a racional Elinor (Emma Thompson) e a sensível Marianne (Kate Winslet).
Após a morte do pai (Tom Wilkinson), elas se veem obrigadas a deixar a casa onde moravam e mudar-se para o campo, acompanhadas da mãe (Gemma Jones) e da irmã mais nova Margaret (Emilie François).
Enfrentando grandes dificuldades financeiras, elas buscam encontrar o amor de maneiras bem distintas, numa sociedade onde as posses da família eram determinantes na escolha dos parceiros. A reservada Elinor tenta esconder seus sentimentos pelo jovem Edward Ferrars (Hugh Grant) por saber das diferenças sociais entre eles.
Enquanto a espontânea Marianne não esconde sua empolgação quando conhece o jovem John Willoughby (Greg Wise), para a tristeza de Christopher Brandon (Alan Rickman).
"Razão e Sensibilidade" é, sem dúvida alguma, uma das melhores adaptações para o cinema da obra de Jane Austen, escritora que se caracterizava por abordar a vida sufocante das mulheres na Inglaterra do século XIX. É um filme delicioso de assistir, é calmo, romântico e de essência contemplativa. Dentro da proposta a qual pertence é uma verdadeira pérola rara, quem assistir certamente não se arrependerá. Assisti-lo é mergulhar sem medo na cultura inglesa da época de Austen.
O roteiro de Emma Thompson mantém intactos o romantismo e a ironia da obra, já a direção competente de Ang Lee dá ainda mais consistência ao filme, o diretor faz uma construção visual do livro. A fotografia deslumbrante mostra uma Inglaterra bucólica e com vastos campos verdejantes, deixando os espectadores apaixonados por uma época onde o cotidiano das pessoas era formado por momentos bonitos visualmente, porém vazios de sentimento, pois o status social ditava as ordens.
Percebe-se a competência de todos os envolvidos no filme pelo capricho e delicadeza da película. "Razão e Sensibilidade" é uma adaptação à altura da obra da grande autora Jane Austen, acredito que se ela estivesse viva teria orgulho deste filme. Com certeza é digno de aplausos. Assista e permita-se deleitar por essa preciosidade que é puro sentimento e encantamento.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 136 minutos
Categorias: Romance, Drama
Classificação: Livre
Minha Nota: 10,0

Um comentário:

JOTAT10 disse...

Essas duas atrizes são demais quando trabalham em tramas como essas, são tranquilas e convincentes em seus papéis que exercem nos filmes que participam, sou fã da Emma Thompson e a Kate Winslet, agora o cara de sonso o Hugh Grant até que foi bem nesse filme.

Coleção Filmes de Domínio Público