Dicas de Filmes pela Scheila: Filme: "A Síndrome de Berlin (2017)"

domingo, 17 de dezembro de 2017

Dicas de Filmes pela Scheila , Filme: "A Síndrome de Berlin (2017)" , Drama , Lançamento 2017 , Mistério , Thriller ,
Textual description of firstImageUrl

Filme: "A Síndrome de Berlin (2017)"

Tempo de leitura:
A Síndrome de Berlin (2017)
"Às vezes fazemos coisas inconscientemente."

Confiar em estranhos não é aconselhável, afinal, não sabemos como é a índole da pessoa que acabamos de conhecer, e quando se está em outro país, confiar em um desconhecido é ainda mais perigoso e, é exatamente isso que "Berlin Syndrome" tenta mostrar ao público. 

"Berlin Syndrome" é um thriller psicológico lançado em 2017 durante o Festival de Sundance e contou com a direção de Cate Shortland. O roteiro de Shaun Grant foi baseado no livro homônimo de Melanie Joosten, publicado em 2011.

Na trama, a jornalista australiana Clare (Teresa Palmer) está passando as férias na Alemanha a fim de colecionar novas experiências.

A Síndrome de Berlin (2017)
Durante um dos seus passeios, conhece Andi (Max Riemelt), um charmoso alemão que dá aulas de inglês numa escola de desporto.
A Síndrome de Berlin (2017)
Surge imediatamente uma forte atração entre eles, mas o que inicialmente parecia um rápido romance, toma um rumo inesperado, quando Clare acorda trancada no apartamento de Andi.
A Síndrome de Berlin (2017)
De inicio ela aceita a desculpa de só ter um molho com as chaves. Mas, no segundo dia, evidências alarmantes revelam que ele pretende mantê-la presa no apartamento localizado em um bairro isolado, sem tráfego pessoas.
A Síndrome de Berlin (2017)
A psicopatia de Andi é sugerida discretamente durante as cenas que mostram o relacionamento com seus colegas de profissão e com seu pai (Matthias Habich). Questionado por Clare, o professor a culpa por ter escolhido ir ao seu apartamento ao invés de partir para Dresden. 
A Síndrome de Berlin (2017)
Logo percebemos que esse moço carismático tem uma mente perturbada. A violência física e psicológica varia de intensidade, por vezes é mascarada, principalmente quando Andi volta para casa com flores e presentes, e prepara as refeições como se fossem um casal comum, mas logo sua psicopatia aflora e ele se torna sádico.
A Síndrome de Berlin (2017)
"A Síndrome de Berlin" aborda um tema bastante interessante, há diversos filmes que falam do mesmo assunto, mas aqui o cenário está apropriado e o roteiro deixa claro que qualquer pessoa pode cair nas armadilhas de um psicopata. O desenrolar claustrofóbico me deixou agoniada, e apesar de ficar lento em alguns momentos, cumpre bem o seu papel.  
A Síndrome de Berlin (2017)

Duração: 116 minutos
Categorias: Thriller, Drama, Mistério
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 8,7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigada pelo seu comentário!