14/01/2018

Filme: "O Profeta (2009)"

"Se quer um favor, aprenda a pedir."

"Un Prophète" é um filme francês dirigido por Jacques Audiard a partir do roteiro escrito por Audiard juntamente com Thomas Bidegain, com base no texto original de Abdel Raouf Dafri e Nicolas Peufaillit. 

A estreia do filme aconteceu em 2009, durante o Festival de Cannes, onde ganhou o Grand Prix, também ganhou nove estatuetas no César {Oscar Francês} e faturou o BAFTA na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Recebeu indicação ao Oscar como Melhor Filme Estrangeiro e ao Globo de Ouro, na mesma categoria.

O filme começa com a detenção do jovem Malik El Djebena (Tahar Rahim), de 19 anos de idade. Assustado, ele ouve os gritos de outros detentos que se encontram nos corredores ao lado. Enquanto isso, ele conversa com o defensor público (Rabah Loucif) e descobre que foi condenado a seis anos de prisão, mas parece não dar conta da gravidade de sua situação.
A caminho da penitenciária, ele observa as últimas paisagens de uma Paris que está prestes a ficar para trás.
Ao chegar ao presídio, Malik passa pela tradicional revista. Nos seus primeiros dias, ele prefere ficar isolado, e observa que os detentos se dividem em dois grandes grupos: os muçulmanos e os corsos, considerados presos políticos.
Os corsos são liderados por César Luciani (Neils Arestrup). César circula livremente pelos corredores da prisão, recebe informações privilegiadas de funcionários, tem direito a audiências com seu advogado sempre que desejar e carrega sempre consigo um telefone celular.
Passados alguns dias, o árabe Reyeb (Hichem Yacoubi) chega à prisão, ele servirá de testemunha de um caso importante. De fora do presídio, César recebe a ordem de assassiná-lo, e vê no tímido Malik a pessoa perfeita para a tarefa. O confronto entre Malik e Reyeb é uma das cenas mais violentas que já assisti.
Após ser anunciado que o Presidente Nicolas Sarkozy aprovou a legislação que prevê a transferência dos presos de origem corsa. César se aproxima de Malik. Ambos se tornam amigos próximos e César consegue que Malik ganhe o direito de sair periodicamente da prisão.
Inicialmente, Malik se transforma no mensageiro de César, fazendo contatos e organizando novos crimes, mas não demora muito para que Malik faça seus próprios negócios, que envolvem basicamente o tráfico de haxixe.
"O Profeta" é um filme bem filmado, as nuances são precisas, não existe pirotecnia e nem exageros na direção, nos efeitos visuais ou especiais. A câmera sempre próxima do protagonista registra cada emoção, e nós, meros espectadores, nos sentimos com uma testemunha ocular que observa a transformação do rapaz tímido em um criminoso frio e calculista.
Por ser um filme de arte, é lento, mas quem gosta da temática certamente não se importará. Trata-se de um drama prisional original com elementos que mantem o interesse do espectador na história narrada. Toda a violência mostrada é justificada, nenhuma cena violenta é gratuita, tudo tem um porque de estar acontecendo. 
"O Profeta" é um filme grandioso, não só pela duração de 155 minutos, mas pelo conteúdo. Esse filme se destaca pelo realismo orgânico e originalidade sobre o desconhecido submundo das prisões francesas. 
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 155 minutos
Categorias: Drama, Policial
Classificação: 18 anos
Minha Nota: 8,8

Nenhum comentário:

Postar um comentário