28/06/2017

Filme: "Castelo de Areia (2017)"

"Ajudem a gente a ajudar vocês."

"Sand Castle" é um drama de guerra original da Netflix, lançado em 2017 e dirigido pelo brasileiro Fernando Coimbra - mesmo diretor do sensacional "O Lobo Atrás da Porta". O roteiro escrito por Chris Roessner aposta nos pequenos detalhes da Guerra no Iraque ocorrida no início do século XXI.

Ambientada no ano de 2003, a trama apresenta o grupo do sargento Harper (Logan Marshall-Green), que aguardava o retorno para o seu país, é destacado para uma última missão: reabastecer a água de um vilarejo, pois a estação de tratamento foi atingida por um explosivo.
Um desses soldados é Matt Ocre (Nicholas Hoult), ele se alistou no exército apenas para ganhar dinheiro e financiar seus estudos na faculdade. Matt, já nos primeiros minutos de projeção, por meio de sua narração em off, declara odiar a guerra e que não desejava participar dela, quebrando inclusive propositalmente seu braço para ficar de licença. 
Chutsky (Glen Powell) está no Iraque porque odeia o mundo islâmico; Burton (Beau Knapp) e Enzo (Neil Brown Jr.,) foram para a guerra pelo heroísmo e tradição familiar, e Syverson (Henry Cavill) é o capitão da equipe. Cientes de que não seria uma tarefa fácil, os soldados vão para cumprir a missão com a certeza que nem todos iriam retornar. 
Tenho acompanhando os filmes originais da Netflix e venho percebendo que o serviço de streaming não está em busca de prêmios ou produzir futuros clássicos, e sim, produzir filmes diferenciados para todos os públicos. "Castelo de Areia" é mais um exemplar que prova esse meu pensamento, o filme vem sendo tratado pelos críticos como um filme de guerra, o que não é verdade, é um drama ambientado na guerra que mostra os motivos particulares de cada soldado ter entrado para as Forças Armadas. Ainda não é o melhor filme produzido pela Netflix, mas é uma obra interessante que vale a pena ser visto.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 113 minutos
Categorias: Drama, Guerra
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 7,8


Nenhum comentário:

Postar um comentário