03/05/2017

Filme: "O Retrato de Dorian Gray (1945)"

"Há coisas que são preciosas por não durarem."

"The Picture of Dorian Gray" foi lançado em 1945 e é considerado a melhor adaptação cinematográfica do clássico romance do escritor irlandês Oscar Wilde. Roteirizado e dirigido por Albert Lewin, o filme foi feito em Preto & Branco e torna-se em cores sempre que o retrato {que revela a verdadeira natureza de Dorian Gray} é mostrado em close-up. Esse fato rendeu ao filme o Oscar de Melhor Fotografia, recebeu também indicações nas categorias de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Direção de Arte.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download. Para assistir clique AQUI.

Este clássico é primoroso, retrata fielmente a famosa obra literária. Acompanhamos a vida de Dorian Gray (Hurd Hatfield), um homem jovem, rico e bonito que vivendo na Londres do século XIX. Embora o rapaz seja muito inteligente, é ingênuo, isso o faz presa fácil nas mãos de manipuladores.
Ao ser retratado por seu amigo Basil Hallward (Lowell Gilmore), Dorian conhece Lord Henry Wotton (George Sanders), um homem cínico que acredita que a única vida que vale a pena é aquela regrada aos prazeres. 
Com sua lábia, Lord Henry Wotton rapidamente convence o jovem Dorian de que a juventude e a beleza lhe trarão tudo o que deseja, Dorian então passa a acreditar que seu retrato possa envelhecer ao invés dele e expressa seu desejo na presença de uma estátua egípcia que, supostamente, tem o poder de conceder desejos.
Passado algum tempo, Dorian conhece Sibyl Vane (Angela Lansbury) e ambos se apaixonam loucamente. Mesmo com a desaprovação de James Vane (Richard Fraser), irmão da cantora, eles iniciam um relacionamento. Tudo ia muito bem, até que novamente Lord Henry aparece e manipula Dorian, este acaba rompendo o relacionamento com Sibyl. 
Após alguns fatos trágicos, Dorian observa seu retrato e logo percebe algumas mudanças que o deixa perplexo, mesmo assim continua vivendo de maneira desregrada. Os anos passam, e Dorian continua com a aparência, deixando os moradores da cidade impressionados. 
Dorian guarda o quadro a sete chaves, impedindo qualquer pessoa de ver sua imagem assombrosa. Seu amigo Basil procura Dorian para tentar convencê-lo a mudar de vida sem imaginar que algo terrível estava prestes a acontecer. 
Contudo, Dorian se aproxima de Gladys Hallward (Donna Reed), sobrinha de Basil. Apaixonados, eles decidem se casar, mas os amigos dela começam a achá-lo suspeito. Após ser agredido pelo irmão de Sibyl, que prometera vingança peça morte dela, Dorian percebe que só faz mal às pessoas que gostam dele. E toma uma importante decisão...
"O Retrato de Dorian Gray" é um clássico requintado que segue fielmente a famosa obra homônima de Oscar Wilde. O filme foi muito bem feito, o requinte deste trabalho foi sucesso de público e crítica, consagrou-se como um dos grandes clássicos da MGM e continua agradando quem o assiste, mesmo passado mais de sete décadas de seu lançamento.
Um dos grandes destaques deste filme é o quadro {retrato de Dorian}, pintado pelo artista americanos Ivan Le Lorraine Albright, obra conhecida como "macabra", de fato, o retrato é sinistro, principalmente pelas tomadas coloridas feitas em Technicolor. 
Recheado de diálogos inteligentes e afiados, "O Retrato de Dorian Gray" é um filme maravilhoso que merece ser assistido por todos que gostam dos grandes clássicos.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 100 minutos
Categorias: Fantasia, Drama, Terror, Romance, Mistério, Thriller, Clássico, Domínio Público
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 9,4

Nenhum comentário:

Postar um comentário