14/05/2017

Filme: "O Físico (2013)"

"É como se o tempo parasse por um momento."

"Der Medicus" é um filme alemão lançado em 2013. Contou com a direção de Philipp Stölzl e foi roteirizado por Jan Berger tendo como base o romance homônimo de Noah Gordon.

Este filme deveria se chamar "O Médico" e não "O Físico", pois o roteiro nos permite embarcar em uma interessante viagem de um jovem querendo se tornar um médico.

A trama se passa na Inglaterra do século XI. O garotinho Rob Cole (Adam Thomas Wright), que tem apenas 10 anos de idade vê sua mãe morrer em decorrência de uma doença desconhecida.
Após ficar órfão, o garoto se refugia com um curandeiro beberrão e rabugento chamado Barber (Stellan Skarsgård), que com o passar dos anos, vai lhe transmitindo seus conhecimentos sobre como tratar e curar doenças.
Insatisfeito com os poucos ensinamentos de seu mestre acerca da medicina {termo que ainda não existia na Idade Média}, Rob (Tom Payne) embarca numa longa jornada pela Europa até a Pérsia, enfrentando perigos e percorrendo lugares hostis.
Disfarçando-se de judeu - fato de que nas terras de domínio árabe, os cristãos são terminantemente proibidos, Rob começa a ter aulas com Ibn Sina (Ben Kinsgley), um dos grandes físicos do mundo e que lhe ajuda a expandir o conhecimento sobre a arte de tratar e curar as doenças.
Chegando à Pérsia, Rob encontra uma cidade totalmente diferente do que estava acostumado. Isfhan é limpa, receptiva e repleta de culturas diferentes que convivem em paz, graças ao Xá e à presença da escola de Medicina. Lá,  ele acaba se apaixonando por Rebecca (Emma Rigby), uma jovem prometida a um casamento forçado. 
"O Físico" é um filme interessantíssimo sobre uma época que poucas pessoas valorizavam o conhecimento e qualquer sinal de curiosidade podia facilmente ser convertido em heresia levando à morte pela Inquisição. A fotografia escura na fase inicial simboliza as trevas que caracterizam a Idade Média. A medida que a história se desenvolve, as cores mudam sensivelmente para tons terrosos.
É um filme muito bonito e enriquecedor, mostra fatos históricos importantes e sem rodeios, explica que as origens do ódio religioso é política. No filme, a religião atua apenas como um catalisador social, um meio de divulgação das ideologias políticas e disputa pelo poder. Se pararmos para refletir, é um tema bastante atual.
O filme é longo, são 150 minutos de duração ricamente detalhados. "O Físico" não reinventa nada em termos de produções de época, mesmo assim é muito interessante, principalmente por nos transportar para a Idade Média, uma das épocas mais tenebrosas da humanidade. Sempre é bom vermos obras que se passam nesse período, além do conhecimento histórico, refletimos sobre as mudanças que vem acontecendo ao longo dos séculos. 
 "O Físico" é um filme muito bem feito que vale a pena ser conferido. Eu gostei bastante e recomendo.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 150 minutos
Categorias: Aventura, Drama, histórico
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 9,2

2 comentários:

  1. Scheila, "físico" é uma forma clássica, formal e antiga para denominar o médico. Note que médico em inglês, na forma comum, é "physician", usando um mesmo radical.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luis Santos, conheço bem o contexto histórico da palavra "físico", o que me refiro na postagem é em relação a tradução do título alemão para português brasileiro que está equivocado, acredito que ficou bem explicado na postagem!

      Excluir