09/02/2017

Filme: "Capitão Fantástico (2016)"

"Nossas ações nos definem não nossas palavras."

Genial, maravilhoso, utópico, e claro, delicioso de assistir. "Captain Fantastic" é um filme recheado de nuances que falam sobre o amor e o respeito ao próximo e a natureza. A crítica social ao sistema capitalista é excelente, o filme mostra claramente que vivemos numa sociedade tóxica, com valores distorcidos, onde o errado virou certo e o respeito às pessoas está entrando em extinção. 

Escrito e dirigido por Matt Ross, o filme rapidamente me conquistou e irá te conquistar também. O estilo de vida da família pode causar estranhamento em alguns espectadores, pois eles vivem isolados da sociedade, algo pouco comum no nosso mundo 'civilizado'. Mas, a medida que a trama avança, é inevitável não sentir empatia pelos personagens, são todos fantásticos. 

Lançado em 2016, "Captain Fantastic" é um dos melhores filmes indies dos últimos anos, bem provável que entre para a lista dos melhores filmes indies de todos os tempos, será uma menção merecida, por o filme é um espetáculo do início ao fim. Estreou no Festival de Cinema de Sundance e vem ganhando vários prêmios. Recebeu indicação ao Oscar na Categoria de Melhor Ator.
Na trama, acompanhamos o dia a dia de Bem (Viggo Mortensen) e sua família. Eles vivem numa floresta totalmente isolados do mundo moderno. A família sobrevive do que a natureza provém e a educação das crianças é baseada na família e nos livros.
Suas atividades secundárias passam por discussões sobre a teoria quântica, e o maior evento do ano é o aniversário de Noam Chomsky, que moldou a visão de mundo do pai.
Após receber um comunicado sobre o falecimento de sua esposa, Ben e as crianças partem para o Novo México para a despedida. Durante a viagem da família vamos acompanhando o choque cultural, isso gera algumas cenas hilárias e outras tantas reflexivas.
Ao chegarem no velório, Ben não é bem recebido pela família de sua esposa. No entanto, o desejo de realizar o último desejo da esposa e mãe, une ainda mais essa família encantadora.
Como podemos perceber, a premissa do filme é bem simplória, mas a sinopse engana, pois "Capitão Fantástico" é um filme grandioso. Inicia despretensioso, e já no primeiro minuto estamos completamente envolvidos na trama. Emociona e diverte, causa risos e lágrimas ao mesmo tempo e ainda provoca diversas reflexões sobre o sistema em que vivemos. 
Consigo compreender perfeitamente a ideologia do personagem Ben, sou adepta da vida alternativa, mesmo morando na cidade cultivo uma pequena horta de onde colho alguns alimentos, procuro me alimentar de maneira saudável, estou substituindo os móveis que tenho e casa por móveis feitos de paletes, trabalho com arte sustentável e sou uma defensora do meio ambiente. Não sou tão radical como o personagem, mas busco levar uma vida simples, evitando ao máximo os supérfluos. 
Gostei do filme como um todo, mas um dos pontos que mais chamou minha atenção foi a maneira como Ben educa seus filhos. Para ele, as verdades devem ser ensinadas e não transformadas em tabus. Ben é um pai idealista. Seus filhos são todos muito inteligentes, sábios na verdade.  "Capitão Fantástico" apresenta uma realidade paralela que poderia se tornar uma realidade de vida. Afinal, viver bem e em contato com a natureza é o sonhos de muitos, infelizmente poucos conseguem realizar esse objetivo.
"Capitão Fantástico" é um belo filme que se torna inesquecível. O roteiro é envolvente, direção e atuações excelentes, figurinos perfeitos e uma fotografia paradisíaca. Tem humor delicioso de assistir, instiga reflexões sobre a vida moderna e ainda emociona em diversos momentos. No entanto, a cena mais memorável é aquele momento derradeiro quando a família canta "Sweet Child O' Mine", foi de arrepiar e ainda me emociono quando lembro.
"Capitão Fantástico" é um filme altamente recomendável. Não irá mudar conceitos, mas vai encorajar quem busca viver de maneira diferente. Seja o seu próprio Capitão Fantástico, sonhe, ouse, quebre barreiras e viva fantasticamente. 

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 118 minutos
Categorias: Comédia, Drama, Indie
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo Correspondente