30/01/2017

Filme: "A Qualquer Custo (2016)"

"Está fazendo uma coisa boa. Nós dois estamos."

Os filmes independentes (indie) vem ganhando mais espaço a cada ano que passa, uma prova disso é o filme "Hell or High Water" que foi um dos maiores sucessos em 2016, ano de seu lançamento. 

Com um roteiro coeso e inteligente, escrito por Taylor Sheridan, o filme contou com a direção competente do cineasta David Mackenzie, que nos presenteou com uma obra impecável. Temos aqui um filme da mais alta qualidade que mereceu estar entre os oito indicados ao Oscar na categoria de Melhor Filme. Também recebeu indicação nas categorias de Melhor Edição, Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coadjuvante. 

Esse drama policial com uma pegada western conta a história dos irmãos texanos Toby (Chris Pine) e Tanner Howard (Ben Foster) que se unem para roubar pequenos bancos.
Enquanto Tanner demonstra frequentes descontroles emocionais e é um criminoso com larga ficha policial, Toby é discreto. Apesar das diferenças entre os dois, os assaltos são bem sucedidos.
Os motivos para os assaltos, portanto, ressaltam as diferenças: Tanner busca curtir a vida em cassinos, enquanto o Toby quer pagar a pensão para seus filhos e ter um mínimo de paz e decência.
Além disso, o rancho da família está prestes a ser tomado por um banco por conta de um empréstimo da matriarca, recém falecida. O dinheiro fácil é a única solução para ambos, pelo menos nesse momento. Se o banco quer tirar a casa, eles tiram o dinheiro do banco.
Entretanto, os assaltos cometidos pelos irmãos chamam a atenção do veterano e astuto xerife Marcus Hamilton (Jeff Bridges), que passa a seguir implacavelmente os passos da dupla. Ele conta com a ajuda de Alberto (Gil Birmingham), que também nutrem uma bela amizade. 
O jogo de gato e rato está presente em toda a narrativa, misturando as cartas na mesa e embaralhando inocentes e culpados. Não fique com remorso caso você torça pelos bandidos, eu também torci por eles durante todo o filme, ficava feliz quando tudo corria bem durante o assalto. Nós, meros espectadores, compreendemos que os errantes protagonistas dessa história procuram por uma redenção que não teria como vir, se não fosse através do caminho do crime. Em meio a tantos defeitos, os dois irmãos criminosos ganham nossa simpatia, e torcida.
"A Qualquer Custo" é um excelente exemplar do atual Velho Oeste. Passeamos por um Texas completamente arruinado, com placas de vende-se à perder de vista, mas isso não apaga o brilho da belíssima fotografia. Sem dúvida, é uma das fotografias mais sublimes que já assisti até hoje. A beleza do deserto texano, aliada ao figurino, transmite tudo que representa o faroeste: paisagens áridas, tons pastéis e o típico traje de caubói.
Vale ressaltar também a ótima trilha sonora da produção, à cargo do grande cantor, compositor e também ator Nick Cave, em parceria com seu colaborador habitual, Warren Ellis. Dois excelentes artistas que juntos criam uma trilha sonora impecável que evoca o clima western mas com uma roupagem moderna. É o resultado só poderia ser a perfeição.
O elenco também está excepcional. Raramente se vê um filme onde todos dão o seu melhor, e em "A Qualquer Custo" vemos isso. Outro ponto que vale destacar é o roteiro, que aparentemente pode passar a impressão de ser simplista, mas não é. O filme traz uma série de discussões que vão muito além da telona estendendo para nosso cotidiano de vida em sociedade, seja sobre economia, empréstimos bancários, xenofobia e preconceitos.
Sem dúvida alguma, "A Qualquer Custo" é um dos melhores filmes de 2016, tanto pela temática envolvente quanto pela narrativa impecável. Além de ser belíssimo visualmente, nos instiga a pensar em diversos problemas que assolam a vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Certamente estamos diante de um futuro clássico que já entrou para minha lista de filmes preferidos. Recomendo.
Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 102 minutos
Categorias: Ação, Policial, Faroeste, Drama, Indie
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conteúdo Correspondente