23/11/2016

Filme: "O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford (2007)"

"Sabe o que eu esperava? Aplausos. Eu só tinha vinte anos. Não imaginava a reação das pessoas. Fiquei surpreso com o que aconteceu… Eles não aplaudiram."

Quem gosta de faroeste provavelmente já ouviu falar sobre Jesse James, o mais famoso fora-da-lei que o Velho Oeste já conheceu. Com um currículo recheado de roubos a bancos, assaltos a trens e assassinatos, Jesse nem sempre foi criminoso, juntamente com seu irmão Frank James eram agricultores, mas essa parte não é retratada neste filme, o que vemos neste longa (que de fato é longo, são quase 3 horas de duração) é um estudo minucioso da personalidade de Jesse James e do seu assassino, o covarde Robert Ford.

"The Assassination of Jesse James by the Coward Robert Ford" foi escrito e dirigido por Andrew Dominik tendo como base a obra homônima de Ron Hansen, o filme conta a história dos últimos meses de vida de Jesse Woodson James. Lançado em 2007, recebeu indicações ao Oscar nas categorias de Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Fotografia.

A trama inicia durante o último assalto a trens realizados pela gangue dos irmãos Jesse (Brad Pitt) e Frank James (Sam Shepard). Após a realização do assalto aparece Robert "Bob" Ford (Casey Affleck), irmão de Charley Ford (Sam Rockwell), já membro da gangue. Bob é obcecado pelas histórias dos James e decide se juntar ao grupo.
Wood Hite (Jeremy Renner), primo dos James e Dick Liddil (Paul Schneider) também fazem parte da gangue. Robert Ford tem apenas 19 anos quando entra para o grupo dos foras-da-lei.
Após o roubo, Frank decide largar da vida de bandidagem e planeja adotar a partir de então uma vida tranquila, o resto da gangue vai morar em uma fazenda, onde esperam a poeira abaixar para voltarem aos roubos. Mas Bob continua por perto, assim ele vai ganhando a confiança de Jesse.
Quando sua obsessão por Jesse passa dos limites, Bob é expulso do bando. Após isso, Jesse decide ir visitar Ed Miller (Garret Dillahunt), um dos homens que participara do assalto ao trem. Ao chegar na casa de Ed, o fora-da-lei o encontra em pânico. Ed acaba contando que Jim Cummins, outro membro do grupo, planejava matar Jasse em troca de uma recompensa. Jasse vai à caça do ex-companheiro, porém não encontra.
O medo da traição atormenta Jesse, então ele mergulha em uma profunda depressão, que vem acompanhada de uma paranoia incontrolável. E percebemos que por trás do mito destemido havia um ser humano perturbado. 
Enquanto isso surgem conflitos entre os outros membros do bando, que levariam à prisão de alguns e ao assassinato de outros. Jesse acaba perdendo o controle da situação e não consegue mais se impor, a não ser pelo uso da força.
Desconfiado com as atitudes de Charley e Robert, e temendo por sua vida, Jesse decide mantê-los o mais perto possível e para conseguir isso convida-os para um novo assalto à banco, algo que nunca viria a acontecer, pois os dias de vida de Jesse já estavam contados.
Bob alimentava uma idolatria doentia por Jesse, e a medida que ele vai descobrindo ser incapaz de se assemelhar com seu ídolo, sua obsessão se transforma em ódio que mata. E no dia 3 de abril de 1882, Robert Ford se aproveita de um momento em que Jesse James se distrai e atira nele pelas costas, tornando-se assim o mais famoso covarde do Velho Oeste. Bob se torna uma celebridade pelo seu feito, durante mais de um ano ele viajou pelos Estados Unidos reapresentando sua atitude covarde no teatro junto com seu irmão Charley. No entanto, a fama foi passageira, e dia 8 de junho de 1892, Edward Capehart O'Kelley vinga a morte de Jesse James.
"O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford" não é um faroeste tradicional, cheio de agito e tiroteios. Este filme é um estudo minucioso do comportamento humano. Um drama psicológico envolto por uma fotografia belíssima e cenas poéticas. Jesse não é endeusado como herói, aqui ele é um fora-da-lei que tem sensibilidade. Jesse conseguia impor presença como poucos, nada passava despercebido aos seus olhos, e Brad Pitt está magnífico no papel de Jesse, seu olhar melancólico e sagaz consegue hipnotizar o espectador.
Já Robert Ford é um aventureiro que inveja Jesse, ele tenta seguir todos os passos do seu ídolo, não por admiração, mas por desejar ser o próprio Jesse James. Casey Affleck também está magnífico no papel de Bob, seu olhar perdido, por vezes frustrado retrata perfeitamente aquele que foi um verdadeiro covarde, se fez de amigo e no momento oportuno apunhalou Jesse pelas costas, neste caso, atirou pelas costas.
Muitos consideram "O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford" um filme lento. Realmente, é necessário ter bastante paciência para assistir essa obra sensível, afinal são 160 minutos com pouquíssimas reviravoltas e vários diálogos. Mesmo sendo extenso, eu gostei do que assisti e recomendo.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 160 minutos
Categorias: Biografia, Faroeste, Drama
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 9,2

Nenhum comentário:

Postar um comentário