21/11/2016

Filme: "Histórias Cruzadas (2011)"

"Não importa a cor do cabelo, o estilo das roupas, muito menos a cor da pele. Nada disso define caráter."

O maior foco de "The Help" está na reconstrução dos costumes de uma sociedade formada a partir do preconceito racial, mas vai além disso, aborda sensivelmente os mais diversos tipos de preconceitos, que infelizmente ainda estão impregnados na sociedade, seja ela norte-americana, brasileira ou mundial. 

Escrito e dirigido por Tate Taylor com base no livro romance homônimo de Kathryn Stockett. Seu lançamento aconteceu em 2011 e concorreu o Oscar nas categorias de Melhor Filme e Melhor Atriz, vencendo na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante.   

Na trama, a jovem escritora Eugenia 'Skeeter' Phelan (Emma Stone) muda o comportamento de sua cidade em Mississipi quando busca escrever um livro sobre a situação social das babás negras que criam as crianças brancas na década de 60. Ela acabou de se graduar e quer virar escritora, mas encontra a resistência da mãe, que quer vê-la casada.
A jovem escritora consegue um emprego num jornal local, e responde as cartas dos leitores se passando por outra jornalista. Para isso ela necessita entender mais sobre afazeres domésticos, então decide pedir a ajuda de Aibileen (Viola Davis), a emprega de uma de suas amigas.
Através dos relatos de Aibileen, a escritora percebe que aquelas histórias precisavam ser contadas de uma maneira diferente, como nunca havia sido feita antes. Contando com o apoio de uma editora, Skeeter dá inicio a tarefa.
Surge então a primeira dificuldade, sua editora lhe cobra o depoimento de no mínimo doze mulheres, mas apenas Aibileen se dispõe a falar. Logo Minny Jackson (Octavia Spencer) entra em cena, ela é outra empregada doméstica que, convencida por Aibileen e pela jornalista, também decide relatar sua história.
Aibillen e Minny têm em comum as marcas impressas pela vida. Aibileen começou a trabalhar aos 14 anos de idade, e criara diversos filhos dos outros. Mas ela carrega um passado triste, seu filho morreu aos 24 anos. Já Minny é constantemente agredida pelo seu esposo.
Nota-se que todas as outras mulheres brancas reprovam o relacionamento de Skeeter com as empregadas negras. Principalmente Hilly (Bryce Dallas Howard), ela é racista ao extremo, não permite, por exemplo, que as empregadas usem os banheiros de sua casa, e mesmo sendo uma mulher vazia de valores, é a líder das mulheres da cidade, exercendo grande influência sobre as amigas.
A exceção é Celia Foote (Jessica Chastain) que não é contaminada pelo preconceito, ela leva uma vida alheia às etiquetas sociais, e como já era de se esperar, Celia acaba sendo desprezada pelas outras mulheres brancas da cidade.
"Histórias Cruzadas" é intenso e emocionante. Dosa perfeitamente a carga dramática com toques de humor abordando perfeitamente os diversos tipos de preconceitos vividos pelas mulheres. Aliás, o filme é das mulheres, e mostra como foi e é difícil ser mulher dentro uma sociedade machista e preconceituosa. Mesmo apresentando uma história da década de 60, ainda vemos diariamente notícias que nos remetem às histórias narradas no filme. O elenco feminino está sublime, principalmente Viola Davis e Octavia Spencer, elas são alma e coração deste filme. Que atuações esplendorosas!
A fotografia é exuberante, o tom amarelado transmite acolhimento e ao mesmo tempo mostra uma falsa alegria, aquela felicidade feita de aparências que as mulheres brancas do filme estampam em seus rostos. Notamos que as patroas eram infelizes, necessitavam de aprovação a todo momento, enquanto as empregadas negras esbanjavam sorrisos, mesmo carregando dramas particulares.
Enfim, "Histórias Cruzadas" não é um filme original, existem outras obras que abordam brilhantemente a segregação racial. No entanto, "Histórias Cruzadas" vai além, e joga diante dos nossos olhos diversos tipos de preconceitos que ainda estão enraizados dentro da nossa sociedade. Muitos podem não concordar com minha opinião, mas acredito que este filme é o melhor já produzido sobre direitos civis.
Enfim, "Histórias Cruzadas" é um filme emocionante, reflexivo e também divertido que merece ser assistido por todos.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 146 minutos
Categorias: Drama
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário