19/09/2016

Filme: "Rua Cloverfield, 10 (2016)"

"Não abra essa porta. Vai matar todos nós."

"10 Cloverfield Lane" é um primo distante do filme "Cloverfield - Monstro" de 2008. Não chega a ser uma continuação direta do original, mas um longa de antologia. Lembra os episódios da série "Além da Imaginação", sem nenhuma ligação entre si, porém sempre envoltos pelo mundo fantástico. 

Lançado em 2016, este filme contou com a produção de J.J. Abrams, sendo escrito por Damien Chazelle e dirigido por Dan Trachtenberg.

A trama tem início quando Michele (Mary Elizabeth Winstead) toma a decisão de abandonar o noivo. Ela sai de casa depois de uma briga e sofre um acidente de carro.
Quando desperta,  Michele percebe que está no abrigo nuclear subterrâneo de Howard (John Goodman) e é informada de que o fim do mundo está acontecendo do lado de fora. Emmett (John Gallagher Jr.), outro sobrevivente no bunker, confirma essa versão dos fatos.
Apesar de perturbado, Howard é uma pessoa gentil. Ele passou boa parte de sua vida construindo o abrigo. E mesmo sabendo das suas boas intenções, o espectador questiona por diversos momentos quais são as verdadeiras intenções deste homem misterioso.
Suas oscilações entre carisma e psicopatia, motiva Michele e Emmett a arquitetarem um plano para fugir do local que mais parece um cativeiro, mesmo sabendo que do lado de fora a morte os espera.
Assisti "Rua Cloverfield, 10" às cegas, não conhecia o primeiro filme e não cheguei a ver o trailer deste lançamento, apenas dei uma 'corrida de olho' na sinopse, e escolhi para ser um filme passatempo, no entanto, fui surpreendida positivamente, o filme é muito bom. É tenso, aliás, é extremamente tenso, impossível não ficar com os nervos à flor da pele, e o clima de mistério só aumenta a cada nova sequência de cena. É uma trama de suspense digna de Alfred Hitchcock.
Entre o pavor de se imaginar sequestrada por um psicopata até descobrir alguns sinais de que aquele homem paranoico possa estar falando a verdade, Michele passa por momentos desgastantes. O confinamento só aumenta a tensão, tanto da protagonista quanto do espectador. 
O roteiro é muito inteligente e soube dosar perfeitamente quais pistas nos fornecer, com poucas revelações e altas doses de tensão. O desfecho dividiu opiniões, particularmente gostei mas não amei, poderia ter sido melhor desenvolvido. Por fim, que venha mais episódios dessa franquia diferente.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 104 minutos
Categorias: Suspense, Mistério, Drama
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 9,3

2 comentários:

  1. Legal, Scheila. Eu também escrevo umas "estórias", que eu desejo que um dia vire livro.
    Senti vontade de assistir os filmes que você indicou. Mas, estou mais curioso com os seus livros.
    Se quiser ler os meus, visite o meu blog. joão Rivera, o aprendiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie João! Ainda não escrevi nenhum livro, futuramente talvez eu escreva, mas é um projeto à longo prazo que exige bastante dedicação e estudos! Por enquanto, vou escrevendo sobre os filmes que assisto! Agradeço a visita! Abraços!

      Excluir

Conteúdo Correspondente