18/09/2016

100 Melhores Filmes do Século 21 - Parte 3

Os editores do BBC Culture decidiram pedir a um grupo de críticos que selecionassem os cem melhores filmes do século 21 - até o momento. O principal objetivo foi provar que o "cinema não está morrendo", mas "evoluindo". 

Organizei a lista em 20 postagens com cinco filmes em cada post, ordenada por classificação dos filmes. Prepare a pipoca, a poltrona e aproveite as sugestões.

11º Filme: "Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum (2013)" - Estados Unidos da América

"Alguma vez pensa no futuro?"
"Inside Llewyn Davis" foi dirigido pelos irmãos Joel e Ethan Coen. O filme conta a história de Llewyn Davis, cantor e compositor que sonha em viver da sua música. Com o violão nas costas, ele migra de um lugar para o outro na Nova York dos anos 60, sempre vivendo de favor na casa de amigos e outros artistas. Talentoso, mas sem se preocupar muito com o futuro, ele incomoda a amiga Jean Berkey, que vive uma relação com outro músico, Jim . Nem um pouco confiável, Davis se depara com a oportunidade de viajar na companhia de um consagrado e desagradável artista, Roland, mas nem tudo vai acabar bem nesta nova jornada.



12º Filme: "Zodíaco (2007)" - Estados Unidos da América

"...Aqui é o Zodíaco falando..."
"Zodíaco" foi dirigido por David Fincher. No primeiro dia de agosto de 1969, três cartas diferentes chegam aos jornais San Francisco Chronicle, San Francisco Examiner e Vallejo Times-Herald, enviadas pelo mesmo remetente. A carta enviada ao Chronicle trazia a confissão de um assassino, dando detalhes da morte de 3 pessoas e da tentativa de homicídio de outra, com informações que apenas a polícia e o assassino poderiam saber. As três cartas formavam um código que supostamente revelaria sua identidade ao ser decifrado. O assassino exigia que as cartas fossem publicadas, caso contrário mais pessoas morreriam. Confira mais detalhes do filme em Zodíaco.



13º Filme: "Filhos da Esperança (2006)" - Estados Unidos da América, Reino Unido

"O último a morrer, por favor, apague a luz."
"Children of Men" foi dirigido por Alfonso Cuarón. A história se passa no ano de 2027. Não se sabe o motivo, mas as mulheres não conseguem mais engravidar. O mais novo ser humano morreu aos 18 anos e a humanidade discute seriamente a possibilidade de extinção. Theodore Faron é um ex-ativista desiludido que se tornou um burocrata e que vive em uma Londres arrasada pela violência e pelas seitas nacionalistas em guerra. Procurado por sua ex-esposa Julian, Theodore é apresentado a uma jovem que misteriosamente está grávida. Eles passam a protegê-la a qualquer custo, por acreditar que a criança por vir seja a salvação da humanidade.



14º Filme: "O Ato de Matar (2012)" - Dinamarca, Noruega, Reino Unido

"Nós gangsters fizemos uma revolução."
"The Act of Killing" foi dirigido por Joshua Oppenheimer. Na Indonésia, o golpe militar de 1965 levou um exército paramilitar a ser promovido a um autêntico esquadrão da morte. Em menos de um ano, mais de um milhão de pessoas foram executadas. Décadas depois, alguns membros desses esquadrões vivem como heróis e desejam contar orgulhosamente sua própria versão da história. Eles concordam não apenas em narrar seus assassinatos brutais, mas em reencená-los diante das câmeras, inspirados pelos filmes americanos que tanto adoram. Com produção executiva de Werner Herzog e Errol Morris, o filme levou dez anos para ser concluído. Berlim 2013.



15º Filme: "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias (2007) - Romênia, Bélgica

"Se não entendeu, ninguém está forçando ninguém."
"4 luni, 3 săptămâni şi 2 zile" foi dirigido por Cristian Mungiu. Em 1987, nos últimos dias do comunismo, Otilia e Gabita dividem um quarto num dormitório estudantil. Elas são colegas de classe na universidade de uma pequena cidade romena. Gabita está grávida e o aborto é ilegal no país. Otilia aluga um quarto num hotel barato. Lá elas recebem um certo Sr. Bebe, chamado para resolver a questão. Mas, ao saber que Gabita está com a gravidez mais adiantada do que havia informado, Sr. Bebe aumenta as exigências para o serviço. Ele cobra um preço que as duas não estão preparadas para pagar.

Um comentário:

  1. Bom ve-la novamente...senti falta das suas dicas eu pago na netflix, então quanto mais dica melhor. Obrigada

    ResponderExcluir