30/07/2016

Filme: "Bravura Indômita (2010)"

"Pagamos por tudo neste mundo de um jeito ou de outro, não há nada de graça a não ser o amor de Deus."

Muitos pensam que "True Grit" lançado em 2010, é uma refilmagem do clássico de 1969, o que não é verdade. Os irmãos Coen (Joel e Etan) foram responsáveis pelo roteiro e direção de uma nova adaptação do livro (de mesmo título dos filmes) escrito por Charles Portis, em 1968. Os irmãos voltaram às origens e fizeram um filme com a marca deles, onde os heróis continuam heróis, mas possuem defeitos imperdoáveis, e os bandidos são ainda mais frios e desumanos.

O filme recebeu indicações ao Oscar 2011 nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Figurino, Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som.
Esse western narra a história de Mattie Ross (Hailee Steinfeld), uma garota de apenas 14 anos que parte em busca de vingança após seu pai ser assassinado por Tom Shaney (Josh Brolin). O assassino está foragido em terras indígenas, e por conta disso, não terá o julgamento que Mattie julga necessário.
Para isto, Mattie contrata, por cem dólares, o xerife "Rooster" Cogburn (Jeff Bridges) para caçar e capturar o assassino, que após recusar a proposta inicial, acaba aceitando a oferta. No entanto, ela exige fazer parte desta jornada para ter certeza que seu objetivo será alcançado.
Além de vingar a morte de seu pai, Mattie quer a retribuição oferecida para quem capturar o foragido. Essa retribuição que Mattie busca é também a que busca La Boeuf (Matt Damon), um patrulheiro vindo do Texas, que está no encalço do mesmo homem que matou o pai dela, mas por conta de um crime cometido em outro lugar.
Ainda não assisti a versão de 1969, então é impossível fazer alguma comparação entre os dois filmes, o que posso dizer é que o este filme tem cenas bem fortes, como enforcamentos e mutilações. Algo bastante comum na época em que se passa a trama.
"Bravura Indômita" é um faroeste magnífico em todos os aspectos. Vemos mais uma vez a competência dos irmãos Coen e suas sutilezas bem conhecidas. A fotografia é um espetáculo a parte, passa a sensação de estarmos dentro do Velho Oeste. A trilha sonora é daquelas que jamais esqueceremos e as atuações são incríveis, Mattie é uma das personagens femininas mais fortes do gênero. Uma garota corajosa que se vê obrigada a entrar num mundo cruel e devastador para buscar justiça por aquele que tanto amava.
Eu gosto de faroeste, mas não é um gênero que vejo com frequência, e nem sempre gosto dos filmes que assisto, porém, "Bravura Indômita" me conquistou, é um western delicado, envolvente, por vezes cômico, e muito inteligente. Sem dúvida alguma, é uma obra riquíssima que faz parte dos filmes obrigatórios a todos os apreciadores do bom cinema.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração:150 minutos
Categorias: Faroeste, Aventura, Drama
Classificação: 16 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário