25/06/2016

Filme: "Drácula (1931)"

"Há muitas coisas piores, esperando o homem, que a morte."

"Dracula" foi o filme responsável por consagrar o ator húngaro Bela Lugosi como um dos maiores atores do cinema de horror de todos os tempos. Baseado numa peça teatral inspirada na famosa história do escritor irlandês Bram Stoker, este clássico não teve problemas judiciais com a família Stoker, como ocorreu anteriormente com o clássico do cinema mudo "Nosferatu". 

Dirigido pelo cineasta Tod Browning, essa obra-prima do horror gótico continua mexendo com o nosso imaginário. Aqui, o Conde Drácula é bem diferente de Nosferatu, ele se apresenta como um charmoso aristocrata, com olhar penetrante e vestindo uma longa capa negra. Também foi responsável por popularizar a lenda dos vampiros seres capazes de se transformar em morcegos ou lobos.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download.
A história é bem conhecida do público: O agente imobiliário Renfield (Dwight Frye) viaja até os Montes Cárpatos, no interior da Europa, para visitar o recluso Conde Drácula (Bela Lugosi), que pretende adquirir propriedades na Inglaterra.
O Conde tem interesse em comprar a abandonada Abadia de Cairfax em Londres. Antes de chegar ao castelo, Renfield é alertado pelos moradores da região que o Conde é um vampiro e mora no castelo com três esposas. O jovem Renfield não dá ouvidos às conversas e segue rumo aos Montes Cárpatos.
Ao chegar no castelo, Renfield é vampirizado pelo Conde que o transforma em escravo, partindo rumo à Inglaterra para fazer novas vítimas.
Conde Drácula começa a espalhar o terror e seduzir as inocentes londrinas na busca por saciar sua sede se sangue. Porém, ele não contava com a inteligência e a crença do doutor Van Helsing (Hugh Jackman), um velho destemido a estragar os planos do perverso vampiro.
Ao assistir "Drácula" provavelmente o espectador sentirá a falta dos dois caninos tão comuns em filmes de vampiros. Mas aqui não faz tanta falta, o olhar sinistro de Bela Lugosi é mais assustador que qualquer presa pontiaguda. Os gestos marcantes e o sotaque húngaro carregado foram responsáveis por eternizar o ator na pele do Conde Drácula. 
"Drácula" tem apenas 75 minutos de duração, mas nada é apressado, cada movimento tem seu tempo certo. Os cenários escuros refletem um tom macabro, aumentando ainda mais o horror da história. E após tantos anos, o filme ainda consegue causar encantamento nos espectadores.
Apesar do desfecho ser muito simplista, gostei bastante dessa obra. É um filme indispensável a todos os fãs do gênero de terror/horror e também para quem aprecia filmes antigos. Vale a pena conferir.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 75 minutos
Gênero: Terror, Fantasia, Clássico, Domínio Público
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 9,2