23/01/2016

Filme: "Por um Punhado de Dólares (1964)"

"Aponte para o meu coração ou você nunca vai me parar."

"Per un Pugno di Dollari" é a 1ª parte da 'trilogia dos dólares' do cineasta Sergio Leone, as sequências são "Por uns Dólares a Mais" e "Três Homens em Conflito". Estes três filmes foram o ápice da carreira do diretor, que popularizou o gênero Western Spaghettti (faroeste europeu com aspecto bem diferente do faroeste norte-americano), ele também foi responsável por criar um dos maiores ícones da história do cinema e principalmente do faroeste, o pistoleiro Sem Nome.

O roteiro é bem simples, mas cresce devido ao esmero com os detalhes. Basicamente, o forasteiro Sem Nome (Clint Eastwood) chega a uma pequena cidade chamada San Miguel, que é controlada por duas famílias de bandidos, os Rojos e os Baxters.
Ele presencia alguns homens batendo em uma criança e impedindo-a de ver sua mãe que, por sua vez, está obrigada a servir de escrava. Logo chama a atenção das gangues rivais que comandam a cidade e recebe o apelido de Joe, já que ninguém consegue lhe arrancar o nome, e se vê numa situação que lhe renderá um bom dinheiro: Ficará do lado das duas gangues e prestará serviços para ambas, sem que elas saibam.
Sem Nome é rápido no gatilho e briga bem mas, para enfrentar o também habilidoso Rámon Rojo (Gian Maria Volonté), ele vale-se mais de sua inteligência do que de qualquer outra coisa.
Marisol (Marianne Koch) e a mulher que acende dentro do pistoleiro Sem Nome a indignação contra a injustiça, que acontece naquela cidadezinha, o que lhe dará motivos de sobra pra sacar sua arma contra quem cruzar seu caminho.
A cidadezinha mexicana onde se passa a história do filme não é muito diferente de outras tantas exploradas em westerns. Muita pobreza, suja e sob um sol escaldante, porém, o local torna-se inesquecível devido as coisas que acontecem por ali. 
Em uma cena, lá pelas tantas do filme (não vou citar a qual) eu fiquei com muita pena do pistoleiro Sem Nome. Com certeza quem já assistiu ou for assistir saberá da qual cena estou falando. É épica e ao mesmo tempo impagável.
E para quem não sabe, "Por um Punhado de Dólares" é uma versão Bang-Bang de "Yojimbo" de Akira Kurosawa, um dos maiores cineastas japoneses. Basicamente é o mesmo roteiro, no entanto, Sergio Leone com sua câmera e seus diálogos, influenciou todo o gênero, impregnando violência, poeira, tensão, humor, tiros, artimanhas, reviravoltas e muito estilo.
"Por um Punhado de Dólares" pode não ser a obra-prima dos faroestes mas sem dúvidas é um dos maiores filmes do gênero. Os closes constantes que capturam a reação dos personagens e a tensão nos duelos finais são geniais. A trilha sonora composta pelo Ennio Morricone é marcante e formidável. Enfim, é um western spaghetti que recomendo para todos.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 99 minutos
Gênero: Western Spaghetii, Faroeste, Ação, Clássico
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 9,3

Nenhum comentário:

Postar um comentário