07/01/2016

Filme: "Perdas e Danos (1992)"

"Pessoas marcadas são perigosas, elas sabem que podem sobreviver."

"Damage" é um filme britânico-francês lançado em 1992. Contou com a direção de Louis Malle e o roteiro foi escrito por David Hare baseado no romance de Josephine Hart. O filme aborda uma história trágica que abala até os espectadores mais experientes, porém, não conseguiu me empolgar, na minha opinião, faltou química entre os personagens principais e sobrou frieza e cenas desnecessárias.

O ministro inglês Stephen Fleming (Jeremy Irons) poderia ter ignorado a presença de Anna Barton (Juliette Binoche) durante um coquetel, mas desde o primeiro momento em que os personagens cruzaram seus olhares, ficou claro o desejo e a cobiça de ambos.
A atração entre os dois é, desde o princípio, tensa, selvagem, irracional e acima de tudo, extremamente proibida. Afinal, ela é noiva de Martyn Fleming (Rupert Graves), o filho de Stephen.
Independente das consequências da relação, Stephen mergulha de cabeça nessa relação possessiva e irresponsável com uma mulher cheia de segredos e máscaras. O olhar distante e frieza de Anna são explicados quando ela conta sobre a relação quase incestuosa que mantinha com o irmão na adolescência.
No passado, quando ela se envolve com um namorado (Peter Stormare), o seu irmão ficou consumido de dor e tristeza e comete um ato insano. Anna ficaria marcada para sempre, se culpando e fugindo de qualquer relação de posse. Ela apenas viveria para saciar suas vontades e buscar sua própria liberdade.
Os dois mantêm um tórrido caso de amor e traição. Anna não está disposta a abrir mão do noivo, e Stephen altera sua rotina para estar com ela em seus encontros furtivos.
Eles tem consciência do quanto este relacionamento proibido pode abalar as pessoas que amam e destruir suas vidas, mas a paixão se torna mais forte que a razão.
"Perdas e Danos" é um filme que mergulha profundamente no tema da infidelidade e da hipocrisia da insistência em se manter relações familiares que só existem para manter as aparências e, resulta em inúmeros questionamentos sobre até onde se deve ir para realizar seus instintos carnais. 
A trama apresenta erros básicos que comprometem este filme que tinha tudo para dar certo. A premissa é interessante, mas peca em aspectos fundamentais que poderiam tornar a narrativa mais envolvente. "Perdas e Danos" é sim, um filme perturbador, porém, esquecível.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 111 minutos
Gênero: Drama, Romance, Erótico
Classificação: 18 anos
Minha Nota: 7,1

Um comentário:

  1. Tem atores aí que eu gosto muito,
    como a atriz de chocolate
    e Jeremy que faz Lolita
    e M. Butterfly, um filme do qual gosto muito.

    São grandes atores, uma pena
    que tenha essas falhas aí
    que você comentou,
    MAS vou colocar em minha lista
    assim mesmo..

    ResponderExcluir