23/12/2015

Filme: "O Quebra-Nozes – A História Real (2010)"

"Você fala! Nunca tinha visto um boneco falar."

"The Nutcracker in 3D" é um filme de fantasia britânico e húngaro, escrito e dirigido por Andrey Konchalovskiy, e lançado em 2010.

Este filme está bem longe de ser um dos melhores filmes natalinos, mas como fazia muito tempo que eu não assistia nada em relação à história do Quebra-Nozes, serviu para passar o tempo. No entanto, tenho que alertar que recebeu uma indicação ao Framboesa do Ano, como o pior uso do 3D.

Viena, 1920. Mary (Elle Fanning) é uma solitária menina de nove anos. No Natal ela ganha de presente do Tio Albert (Nathan Lane) um quebra-nozes de madeira.
Durante a noite, o boneco ganha vida e se transforma num jovem Príncipe (Charlie Rowe). Ele a leva para uma jornada em uma nova dimensão, onde seres inanimados se transformam em humanos e tudo tem proporções gigantescas.
Lá, ela conhece o Rato (John Turturro), este deseja aprisionar novamente o Príncipe e dominar todo o reino com suas malvadezas. A única que poderá conter as maldades do Rato é Mary, para isso ela receberá ajuda de uma Fada Madrinha.
"O Quebra-Nozes – A História Real" até certo ponto consegue ser bem divertido, porém, conforme os minutos vão passando, o filme vai ficando cansativo, e nem chega a ser um filme longo, são 110 minutos de narrativa. A trilha sonora do filme conta com oito canções inéditas, além é claro, das clássicas músicas de Tchaikóvsky.
A fotografia é muito bonita, mas como já citei, é um filme regular, sendo apropriado assistir num daqueles dias que não se tem nada para fazer, serve como um passatempo, ora divertido, ora entediante.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 110 minutos
Categorias: Ação, Família, Fantasia
Classificação: Livre
Minha Nota: 6,3