Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

13/10/2015

Filme: "Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia (1974)"

"Quem é o pai desta criança?"

Escrever sobre "Bring Me the Head of Alfredo Garcia" não é tarefa muito fácil, o filme é considerado por alguns uma obra-prima corajosa e para outros é o pior filme já produzido. Esse 'road movie' sangrento só podia ser obra de Sam Peckinpah, um dos cineastas mais polêmicos e controverso do cinema. Em Hollywood, ele carregava a fama de ser alcoólatra em tempo integral e diretor nas suas horas vagas. Porém, é uma influência determinante ao estilo assinado por Quentin Tarantino.

Lançado em 1974, este filme mexicano divergiu opiniões devido as cenas de sadismo. Atualmente é um 'clássico cult' venerado por fãs mundo afora.

A história começa quando El Jefe (Emílio Fernandez), um milionário mexicano descobre a gravidez de sua filha adolescente resultado do romance com o sedutor local chamado Alfredo Garcia.
Esse pai  põe a cabeça de Alfredo Garcia, a prêmio: paga US$ 1 milhão para quem lhe trouxer o troféu macabro.
Essa recompensa coloca uma dupla de caçadores de recompensas no encalço de Garcia, por vilarejos mexicanos, até que eles chegam a Benny (Warren Oates), um pianista de bar que vai tentar descobrir o paradeiro de Garcia.
E não é tarefa difícil para Benny, afinal, ele é apaixonado por Elita (Isela Vega), uma prostituta que teve um relacionamento com Garcia. Ao procurá-la, ele descobre que Alfredo Garcia já está morto, pois sofreu um acidente de carro após uma bebedeira, uma semana antes.
Para receber a recompensa, Benny arquiteta um plano macabro: viajar até a cidade onde Garcia foi enterrado.
Assim sendo,  Benny e Elita seguem rumo ao cemitério para retirar a cabeça do do cadáver e receber a recompensa.
Enquanto ele está desenterrando o corpo, dois homens aparecem e o deixam inconsciente, quando acorda, ele se depara com sua amada morta, além da cabeça ter desaparecido misteriosamente. 
Então ele começa uma busca incansável atrás dos homens que lhe roubaram a cabeça de Alfredo Garcia e acaba encontrando os dois na estrada, Benny consegue recuperar a cabeça e continua seu caminho, até que se depara com um inconveniente ainda maior.
A partir daí entendemos porque este filme é considerado um dos mais sanguinolentos já produzidos. Atualmente "Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia" pode não ser tão impactante como foi na década de 70, porém, seus personagens sórdidos, mesquinhos e ambíguos ainda conseguem chocar o espectador.
Não existe alegria nesse mundo criado por Sam Peckinpah, os personagens são repulsivos e os cenários variam de bordéis imundos à cemitérios abandonados. É um mundo bizarro e depreciativo.
Definitivamente, "Tragam-me a Cabeça de Alfredo Garcia" é um filme para poucos, uma experiência atordoante, crua e selvagem, onde se aprende com a dor e se purifica através da morte. Gostei do filme, principalmente da trilha sonora.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 112 minutos
Gênero: Ação, Drama, Policial, Cult, Neo Noir
Classificação: 18 anos
Minha Nota: 9,2

Nenhum comentário:

Postar um comentário