Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

15/10/2015

Filme: "Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas (2003)"

"Quando vês pela primeira vez o amor da tua vida, o tempo para... Mas o que não te disseram é que logo a seguir avança muito depressa para o apanhares novamente."

"Big Fish" é um filme incrível roteirizado e dirigido por Tim Burton, baseado no livro 'Big Fish: A Novel of Mythic Proportions', de Daniel Wallace. O lançamento aconteceu em 2003 e recebeu indicação ao Oscar de Melhor Trilha Sonora.

Com roteiro impecável e rico em detalhes, este filme narra uma das maiores tendências do ser humano, contar histórias impressionantes inspiradas em fatos simples.

Antes de iniciar a descrição do filme, preciso comentar que, para assistir essa obra-prima de Tim Burton, é necessário adentrar de mente e coração em outra dimensão, um mundo fantástico, onde tudo é mais bonito, mais colorido, mais especial.
Aqui conhecemos Edward Bloom (Albert Finney), ele tem um dom cativante de suas histórias fantásticas, cheias de criaturas estranhas e imaginação. Só que todo esse carisma teve um efeito colateral em uma das pessoas mais importantes de sua vida: seu filho Will Bloom (Billy Crudup). 
Ao invés de se encantar com as invenções fantásticas de seu pai, Will simplesmente passou a criar um certo tipo de mágoa por não conhecer seu pai da maneira que gostaria.
Ao receber a notícia de que ele está no hospital, Will parte com sua mulher Josephine (Marion Cotillard) para tentar confrontar sua mágoa e tentar conhecer um pouco do homem que tanto ama, antes que seja tarde demais.
A trama vai se desenvolvendo nesta tentativa de aproximação de Will com seu pai, enquanto suas magníficas histórias vão sendo contadas pelos personagens.
As histórias de Edward são pura magia e passam pela sua infância (Perry Walston), seguem para sua juventude e fase adulta (Ewan McGregor), e termina na fase idosa de Edward (Albert Finney). É nessa última fase que as histórias vão sendo contadas, por isso é importante prestar bastante atenção no filme para não ficar um pouco confuso.
As melhores histórias estão concentradas na sua juventude, que vai desde o início da sua amizade com o gigante Karl (Matthew McGregory), até sua ida à guerra, recheada com uma bela história de amor de Edward por sua esposa Sandra (Alison Lohma).
Para aproveitar toda a beleza e graciosidade deste filme, imagine uma história daquelas que ouvíamos quando criança, com toda sua magia, passada para as telas do cinema através de uma obra de arte.
O cineasta Tim Burton acertou perfeitamente e, até se superou ao criar um filme diferente do convencional, que não segue gêneros específicos e nem segmentos. É uma mistura de poesia, encantamento e fantasia, em um drama divertido e emocionante, narrado através das histórias incríveis e duvidosas de um dos personagens mais carismáticos do cinema.
A maneira lúdica e sensível que Edward vai contando suas histórias ditam a beleza do filme, que emociona tanto pelas cenas quanto pelos diálogos.
"Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas" é a mistura perfeita da realidade com a fantasia, onde aquilo que imaginamos cria vida real através das histórias. E o final é daqueles tocantes, sendo um dos mais belos desfechos que já assisti.
O filme emociona através da beleza de suas mensagens ocultas, e que reflete profundamente no espectador. Muito mais que um filme, "Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas" é uma história ilustrada com personagens que possuem vida própria.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 125 minutos
Gênero: Fantasia, Aventura, Drama
Classificação: Livre
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário