05/09/2015

Filme: "A Jovem Rainha Vitória (2010)"

"Já se sentiu como uma peça de xadrez?"

"The Young Victoria" é um romance histórico sobre a acensão da jovem rainha Alexandrina Vitória Regina ao trono.

Dirigido por Jean-Marc Vallée, a produção de época teve o orçamento de US$ 35 milhões e mostra os erros e acertos de Vitória em seus primeiros meses no cargo.

Lançado em 2009, foi indicado ao Oscar 2011 nas categoria de Melhor Direção de Arte e Melhor Maquiagem, ganhou na categoria de Melhor Figurino.

Difícil não se encantar com os filmes ingleses de época, o capricho dos figurinos, os cenários requintados e toda a polpa que envolvia a realeza, nos coloca dentro da suntuosidade vivida no período retratado.
A trama tem início com uma breve passagem pela infância de Vitória, nascida em 1819, e uma explicação breve do sistema de sucessão britânico. Com a morte do Duque de Kent, pai de Vitória, a criança torna-se a única sucessora do trono inglês e o assumiria após a morte de seu tio, Guilherme IV (Jim Broadbent).
Com isso, sua mãe (Miranda Richardson), passa, com a ajuda de Sir. John Conroy (Mark Strong), a tentar manter o controle sobre a futura rainha, através do Sistema de Kensington. Ele sabe que perderá poder e prestígio tão logo ela alcance a maioridade e assuma a coroa inglesa.
Pouco antes de ser coroada, Vitória (Emily Blunt) se aproxima de Albert (Rupert Friend), príncipe da Bélgica, que se afeiçoa a ela. Após ser coroada ela passa a ser cortejada pelo lorde Melbourne (Paul Bettany), primeiro ministro da época.
Dividida entre Melbourne e Albert, Vitória se vê diante de uma crise institucional devido à sua interferência nos assuntos políticos do país. Conseguirá ela dedicar a vida ao seu país e o coração ao homem que ama?
Um pouco de história: A ascensão da Rainha Vitória aconteceu em 1837. As reformas mais significativas foram feitas na Era Vitoriana, com a adição de uma grande ala em direção a Leste e com a remoção de antigas entradas. Vitória reinou por muito tempo. Foram 64 anos. O seu governo era sinônimo de pontualidade e sofisticação, isso se deve ao fato da soberana ter influenciado o estilo de vida e comportamento dos ingleses. O Palácio de Buckingham tornou-se a residência oficial da monarquia com a sua ascensão ao trono.
O filme optou-se por um romance típico, evitando abordar temas importantes do reinado de Vitória, como a política expansionista britânica e a Revolução Industrial. E como foi a própria Vitória que escolheu seu marido, considera-se que o casamento tenha sido o primeiro por amor já realizado na realeza.
"A Jovem Rainha Vitória" é um filme apaixonante, os figurinos e os cenários são belíssimos e a trilha sonora sentimental deixam o clima ainda mais romântico. Gostei bastante do filme, conhecia pouco sobre a trajetória de vida da Rainha Vitória e, apesar de ser romanceado, é uma ótima aula de história. Recomendo.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 105 minutos
Categorias: Biografia, Histórico, Drama, Romance
Classificação: 10 anos
Minha Nota: 9,1