16/09/2015

Filme: "Filhos do Paraíso (1997)"

"- Tem bastante açúcar ai. - Mais esse não é nosso!"

"Bacheha-Ye Aseman" é um filme iraniano do diretor Majid Majidi, mesmo diretor do maravilhoso "A Cor do Paraíso". O lançamento aconteceu em 1997 e concorreu o Oscar 1998 de Melhor Filme Estrangeiro.

A simplicidade do cinema iraniano é algo que me fascina, são histórias simples, mas ao mesmo tempo tão grandiosas, que é difícil conter as lágrimas. Este filme é mais um belíssimo exemplar vindo do Oriente Médio, que traz em seu enredo temas como amor ao próximo, honestidade, compreensão e lealdade, e por vir da parte de crianças, toca diretamente o nosso coração. 

Na trama conhecemos Ali (Amir Hashemian), um humilde garoto de nove anos, leva os sapatos de sua irmã Zahra (Bahare Seddiqi) ao sapateiro para serem reparados, mas acaba por perdê-los no caminho de casa, ao fazer compras no mercado.
Devido sua família não ter dinheiro para comprar outro par de sapatos, eles são uma família pobre do Teerã, e temendo uma punição, Ali e Zahra resolvem manter a situação em segredo.
Os irmãos então inventam um esquema para compartilhar o par de sapatos do menino, o único disponível: Zahra usa os calçados pela manhã e os devolve ao meio dia, para que seu irmão possa frequentar as aulas à tarde.
Esse plano desconfortável conduz a uma aventura atrás da outra na tentativa de esconder o plano de seus pais e professores, assistir às aulas e cumprir seus deveres.
O pai das crianças tem como emprego, servir chá numa Mesquita. A mãe, lava tapetes para fora. O dinheiro mal dá para por as contas em dia. Até o pequeno cômodo onde moram, o aluguel está em atraso.
Ali, por conta da mãe está adoentada, se ver forçado a não ir brincar mais, pois precisa ajudar em casa. Zahra até consegue achar os seus sapatinhos tão desgastados. Ela e Ali vão até lá buscar. Mas… Que cena mais linda!!
Eis que surge uma chance de conseguirem um outro calçado. No colégio haverá uma maratona, cujo prêmio para o 3º lugar é um par de tênis. 
Ali então promete a Zahra que irá conseguir esse prêmio e o dará ela. A corrida terá um desfecho surpreendente.
A cumplicidade dos irmãos é emocionante, ao mesmo tempo que arranca sorrisos, também arranca várias lágrimas. Ficamos numa torcida silenciosa, é triste e desgastante para eles. Duas crianças que já carregam o peso da responsabilidade de adultos. As lições de vida que eles nos brindam carregaremos conosco para sempre.
"Filhos do Paraíso" é um filme que deveria ser passado nos colégios e universidades, para ensinar os jovens que existe algo mais precioso que 'andar na moda'. Também é obrigatório para toda a família, os valores dos pais das crianças devem ser copiados pelos pais da vida real, e as crianças devem assisti-lo para compreender o verdadeiro significado do amor ao próximo, da união, da lealdade entre irmãos.
"Filhos do Paraíso" entrou para minha lista de filmes preferidos. Um filme excelente que merece ser assistido por todos.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 89 minutos
Gênero: Drama, Família
Classificação: Livre
Minha Nota: 10,0