Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

22/09/2015

Filme: "Este Mundo é um Hospício (1944)"

"Tem um cadáver dentro da arca."

"Arsenic and Old Lace" é mais um filme fabuloso do genial cineasta Frank Capra e uma das melhores Screwball Comedy (comédias amalucadas) que já assisti. Screwball Comedy é o termo que foi utilizado na década de 40 para definir o tipo de filme que dava mais importância ao riso, à gargalhada, que à racionalidade ou a lógica. O filme foi lançado em 1944, exatamente no auge da Segunda Guerra Mundial, que provavelmente foi um período enlouquecedor, principalmente para Frank Capra, que era italiano e via seu país de origem, juntamente com a Alemanha e o Japão, enfrentarem o resto do mundo na mais trágica das guerras.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download.

Baseado no romance homônimo de Kesselring, a trama gira em torno de um opositor da instituição do casamento que, de uma hora para outra, se vê casado.
Quando o crítico teatral Mortimer Brewster (Cary Grant) finalmente resolve se casar com sua namorada, Elaine Harper (Priscilla Lane), muitas coisas estranhas começam a acontecer. Antes de saírem em lua-de-mel para as Cataratas de Niágara, o casal vai para a velha casa dos Brewster, no Brooklyn, agora ocupada por suas duas tias solteironas, Abby (Josephine Hull) e Martha (Jean Adair), e pelo irmão, Teddy (John Alexander).
Mortimer chega no bairro e vai à casa das tias para falar de seu casamento. Lá ele descobre um cadáver dentro de uma arca localizada abaixo da janela da sala. 
Acreditando tratar-se de mais um ato de loucura do irmão Teddy, ele se apressa a contar sua descoberta às tias, ao mesmo tempo em que lhes diz ser inadiável a internação do irmão no Sanatório Happy Dale.
Para sua surpresa, as tias lhe afirmam serem as autoras daquele assassinato, usando vinho envenenado. Continuando, pedem-lhe para que não se preocupe, pois há algum tempo vêm ajudando idosos solitários a encontrarem alguma paz.
Chocado, Mortimer não dá a mínima atenção à Elaine, quando esta tenta falar com ele. No entanto, quando Jonathan (Raymond Massey), irmão de Mortimer, chega com seu companheiro, Dr. Einstein (Peter Lorre), as tias não podem impedi-los de entrar. 
Mortimer consegue que o juiz assine os papéis necessários à internação de Teddy. Mal sabe ele que os novos hóspedes também estão com um cadáver no carro. Nesse momento Elaine chega à procura do marido, sendo trancada no porão por Jonathan que, por pouco, não a estrangula.
Tia Abby e tia Martha entram, e para surpresa de Jonathan, admitem a responsabilidade pela morte daquele idoso e de outras vítimas. Acontece que elas e Jonathan cometeram, cada, doze assassinatos. Então Jonathan decide que precisa de mais uma vítima, a qual poderá ser o seu odiado irmão, Mortimer.
Ao ver Elaine na janela da casa, Mortimer vai até lá e lhe diz que o casamento deles deve ser anulado, devido à insanidade que se envolve a família dele.
Na época do filme, a peça de autoria de Joseph Kesselring, ainda estava sendo apresentada na Broadway. Com direção perfeita e elenco soberbo, "Este Mundo é um Hospício" é uma das melhores comédias de todos os tempos. Cary Grant está hilário, totalmente desinibido. As cenas dele são muito engraçadas, ele corre pela casa toda. As idosas loucas agem de forma contida, já o sobrinho teoricamente saudável mentalmente, age como louco.
"Este Mundo é um Hospício" é delicioso de assistir, provoca gargalhadas até no espectador mais contido. Entrou para minha lista das melhores comédias amalucadas que assisti e é altamente recomendável para todos. 

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 118 minutos
Categorias: Screwball Comedy, Policial, Clássico, Domínio Público
Classificação: 14 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário