26/08/2015

Filme: "O Jardim das Palavras (2013)"

"Somos humanos, no fim das contas. Todos temos as nossas peculiaridades."

"Kotonoha no Niwa" é poesia em forma de animação. A arte visual deste filme de apenas 46 minutos impressiona e encanta até o espectador mais distraído. A sensibilidade dos personagens se mistura com o esplendor das imagens e transformam este média-metragem num dos mais belos animes já produzidos.

Esse espetáculo visual foi lançado em 2013 e contou com a direção de Makoto Shinkai, mesmo diretor do filme "Viagem para Agartha". É denominado como um 'teatro visual' com sua arte quase tão realista quanto fotografia como vocês podem conferir através das imagens que selecionei.
A narrativa é bem simples e conta a história de Takao Akizuki (Miyu Irino), estudante de 15 anos de idade que passa por uma crise existencial e encontra-se desanimado com a escola. Além dos problemas familiares, a falta de dinheiro atormenta o adolescente que sonha em ser um simples sapateiro.
Em dias chuvosos, Takao aproveita o desânimo para justificar a falta na escola e pega um desvio do seu caminho para ficar desenhando sapatos em um belo jardim no parque de Shinjuku.
Certo manhã chuvosa no parque, ele encontra Yukino Yukari (Kana Hanazawa), uma mulher mais velha que, coincidentemente, também aproveitava o desânimo para matar seus dias de trabalho e ficar naquele mesmo lugar.
Takao e Yukino se encontram nos dias chuvosos. Ele, com seu caderno e lápis, sempre desenhando sapatos. Ela, com suas cervejas e chocolates, tentando esquecer o tédio da sua vida.
O garoto se sente intrigado com presença da moça e um elo entre os dois começa a ser criado quando Yukino recita um tanka (poema japonês curto).
Sempre que chovia, os dois se encontravam no parque, aos poucos ambos vão se conhecendo. E assim, Takao fica fascinado por Yukino e pela vida adulta que ela representava, já Yukino vê nele as lembranças de uma juventude perdida e os inúmeros erros cometidos no presente.
De uma maneira doce, pura, singela e carinhosa, ambos cuidavam um do outro. A ligação entre os dois era feita pela chuva.  A chuva representava seus anseios e medos. Isso me deixou bastante intrigada, porque eu tenho um forte ligação com dias chuvosos e comecei a enxergar uma parte do meu passado na personagem.
Através dos tímidos diálogos captamos a monotonia da vida de ambos, sendo um ponto forte do filme. Mas o verdadeiro encanto deste anime está na sua simplicidade do enredo e na riqueza dos detalhes. 
Ao assistir essa animação japonesa, outro filme se passou na minha cabeça, fiquei imaginando como foi feita, porque animar a chuva não deve ser coisa fácil, não apenas as gotas caindo, mas o barulho, os contrastes das nuvens, os movimentos das pessoas. Tudo é perfeito e realista.
"O Jardim das Palavras" é uma obra de arte visual magnífica, com personagens complexos e realistas, situações prováveis de acontecer na vida real, diálogos profundos e trilha sonora marcante. É um anime essencial para todos os fãs do cinema mundial.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 46 minutos
Categorias: Anime, Animação, Romance, Drama
Classificação: 12 anos
Minha Nota: 10,0

2 comentários:

  1. O seu blog não permite selecionar uma palavra como, por exemplo, simplesmente o nome do filme/anime para pesquisar por ele no Google. Esta impossibilidade é um tanto chata, o que dirá quando o nome do filme/anime está em japonês, aí é desanimador copiar (digitar) o nome do filme/anime para buscar mais informações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu escrevo palavra por palavra de cada postagem e não acho chato. Retirei a possibilidade de copiar palavras para evitar futuros plágios, já tive vários problemas em relação às cópias de textos!

      Excluir