Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

10/07/2015

Filme: "A Noite dos Mortos-Vivos (1968)"

"Você pode ser o patrão lá em baixo, mas eu sou o chefe aqui em cima!"

"Night of the Living Dead" foi produzido em preto-e-branco, com baixo orçamento mas que pode ser facilmente considerado o maior clássico de zumbis de todos os tempos. Antes deste filme só havia outras duas obras sobre o tema: o clássico "Zumbi Branco" (1932) e uma refilmagem deste, "Epidemia de Zumbis" (1966). Este clássico escrito por John Russo e George Romero deu também início para uma cultuada franquia com mais cinco filmes: "Despertar dos Mortos" (1978), "O Dia dos Mortos" (1985), "Terra dos Mortos" (2005), "Diário dos Mortos" (2007) e "Ilha dos Mortos" (2009) todos dirigidos pelo mestre Romero.

Lançado em 1968, é um filme ousado para a época, raros filmes, mesmo na atualidade, apresentam um desfecho tão inesperado e perturbador como é o caso deste filme. Há uma refilmagem de 1990, mas nada se compara ao clássico em preto-e-branco.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download. Para assistir clique AQUI.
Um grupo de sete pessoas se refugia numa casa de campo isolada, cercados por uma legião de mortos-vivos que querem devorá-los. O grupo é formado por Ben (Duane Jones), Barbara (Judith O´Dea), Harry Cooper (Karl Hardman), sua esposa Helen (Marilyn Eastman) e a filha pequena Karen (Kyra Schon). Completando ainda o grupo, o casal de adolescentes Tom (Keith Wayne) e Judy (Judith Ridley), que passeavam planejando nadar num lago.
Todos foram surpreendidos repentinamente por uma avalanche de crimes em massa, com os mortos não sepultados se reanimando nos hospitais, necrotérios e velórios, atacando os vivos e devorando suas vítimas, espalhando uma contaminação em escala crescente e assustadora.
A explicação para essa fato é que um satélite explodido pela NASA na órbita da Terra, e que retornava de uma missão espacial ao planeta Vênus, carregava uma elevada quantidade de radiação, que misteriosamente serviu de componente ativador no cérebro de pessoas mortas que ainda estavam com corpos frescos.
Assim sendo, criou-se mutações e fazendo-as novamente caminhar entre os vivos à procura de carne, espalhando uma contaminação e instaurando o caos na civilização. A única forma de detê-los é com ferimentos na cabeça, destruindo as funções cerebrais, ou através da cremação.
O grupo de refugiados precisa superar primeiramente os conflitos internos de convivência, afinal, estão acuados e submetidos a uma forte pressão psicológica.  Não falta as inevitáveis brigas pela liderança, as diferenças de opiniões, mas eles precisam se unir para combater a invasão dos mortos-vivos e lutarem pela vida.
"A Noite dos Mortos-Vivos" é um filme estranhamente envolvente, e a ousadia dos realizadores em filmar um desfecho completamente fora do trivial, surpreende o espectador mesmo após várias décadas de lançamento.
George Romero produziu o filme com um orçamento de 114.000 de dólares, e após uma década de relançamentos cinematográficos, faturou cerca de $12 milhões domesticamente e US$ 30 milhões internacionalmente. O baixo orçamento levou Romero a filmar em filme 35 mm preto-e-branco. No final, o filme completo foi beneficiado por esta decisão. E em 1999, a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos o registrou ao seu Registro Nacional de Filmes como um filme considerado 'historicamente, culturalmente ou esteticamente importante'.
"A Noite dos Mortos-Vivos" passou para domínio público uma vez que o distribuidor original do filme, "The Walter Reade Organization", negligenciou a adição de uma indicação de direito autoral nas cópias. Em 1968, a Lei dos Direitos Autorais dos Estados Unidos exigia uma notificação apropriada para um trabalho manter um direito autoral. 
Sem dúvida, "A Noite dos Mortos-Vivos" não é apenas um simples filme de zumbis em preto-e-branco, mas sim, um clássico aclamado por milhares de pessoas, sendo referência à todos os filmes de zumbis produzido atualmente.
Recomendo para todos os fãs dos melhores filmes de terror. Vale cada minuto assistido.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 96 minutos
Categorias: Terror, Drama, Clássico, Indie, Domínio Público
Classificação: 16 anos
Minha Nota: 9,7


Nenhum comentário:

Postar um comentário