Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

06/07/2015

Filme: "La Violetera (1958)"

"Você deve cantar com a alma!"

"La Violetera" é o filme responsável por apresentar Sarita Montiel ao grande público, primeira atriz espanhola a fazer sucesso em Hollywood. Um romance musical inesquecível, que embala nossos corações e nos deixa com um sorriso estampado no rosto.

A direção foi de Luis César Amadori e o lançamento aconteceu em 1958.

A trama se passa em Madri do início do Século XX, Soledad (Sarita Montiel) é uma vendedora de violetas de rua que conhece o aristocrata Fernando (Raf Vallone) na véspera do Ano Novo.
O casal apaixona-se, foi amor a primeira vista, mas as diferenças sociais e a hipocrisia da alta sociedade ameaçam esse romance.
Abandonando todas as convenções sociais e escandalizando a alta sociedade, Fernando instala Soledad num apartamento e anuncia seu noivado.
No entanto, Fernando está constantemente sob a pressão de seu irmão Alfonson (Tomás Blanco), que o lembra de seu noivado com uma condessa. Mas quando seu irmão morre em uma tentativa de salvar a honra da família, Fernando decide terminar o romance com Soledad.
Abandonada e sozinha, Soledad começa uma pobre carreira de cantora. Logo, ela conhece o produtor francês Henri (Frank Villard), que a leva para começar uma carreira meteórica na França.
Mas apesar de casados e envolvidos com outras pessoas, Soledad e Fernando jamais conseguiram apagar do coração o grande amor que sentiam um pelo outro, e o destino, às vezes é traiçoeiro, e uma tragédia com Soledad fará com que Fernando a encontre novamente.
"La Violetera" é um filme prazeroso de assistir, as canções são belíssimas e a história vai te envolvendo, que facilmente arrancará risos e lágrimas. Recomendo para todos, principalmente para que aprecia bons filmes de romance.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 108 minutos
Gênero: Musical, Romance, Drama
Classificação: Livre
Minha Nota: 9,0