09/07/2015

Filme: "A Estalagem Maldita (1939)"

"Esse lugar - Jamaica Inn. Ele tem um nome ruim. Não é saudável, é por isso."

"Jamaica Inn" é, até o momento, o filme mais fraco que assisti do diretor Alfred Hitchcock. Trata-se do último filme do Hitchcock em seu país natal e, é uma produção apática, morna. A história é interessante e aborda algumas questões interessantes, mas peca no quesito 'conquistar e prender a atenção do espectador'. Foi baseado num livro de mesmo nome escrito por Daphne Du Maurier, em 1936. O lançamento do filme aconteceu em 1939.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download.

Tudo começa na remota Cornualha, litoral sul da Inglaterra, em 1819, uma quadrilha de sanguinários saqueadores provoca naufrágios para ficarem com as cargas, assassinando todos os tripulantes sobreviventes.
Logo após esses eventos, Mary (Maureen O’Hara), é uma moça irlandesa que vai morar com os tios na pousada após a morte da mãe. 
No dia de sua chegada, ela descobre que seu tio, Joss (Leslie Banks), é um pirata que causa naufrágios deliberadamente para roubar as mercadorias dos navios. 
Mary salva um dos membros da gangue, James Trehearne (Robert Newton). Eles fogem juntos e são perseguidos pelos piratas.
Ela, junto com um policial infiltrado (Robert Newton), resolvem pedir ajuda a um juiz da região (Charles Laughton), sem saber que ele é o chefe do bando.
A partir desse momento, Mary acaba caindo nas mãos do perverso juiz e se torna prisioneira dele.
"A Estalagem Maldita" é um filme muito bonito visualmente, a fotografia em preto e branco é um vislumbre, mas a história é mal aproveitada e o desfecho é estranho, diria que é preguiçoso. Valeu pela curiosidade e conhecer os trabalhos de Hitchcock antes dele ser o grande gênio do suspense. 

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 108 minutos
Categorias: Aventura, Policial, Domínio Público
Classificação: 10 anos
Minha Nota: 7,5

Nenhum comentário:

Postar um comentário