22/07/2015

Filme: "Casamento ou Luxo (1923)"

"O tempo transforma íntimos e estranhos e as formalidades impedem qualquer emoção."

"A Woman of Paris: A Drama of Fate" é um filme de Chaplin sem Chaplin, isso causou estranheza do público na época do lançamento, em 1923, e juntando com o gênero de drama, acabou se tornando um fracasso. Ironicamente, ao assistirmos essa obra esplendorosa nos dias atuais, percebemos que é um filme de alta qualidade. Nos deparamos com uma bela e dolorosa história de amor, daquelas que não provoca rios de lágrimas, mas deixa um nó na garganta, um amargor na boca e o coração exprimido dentro do peito.

De acordo com as leis brasileiras, o filme encontra-se em domínio público. Está disponibilizado no meu perfil no VK para quem desejar assistir online ou fazer download.
Este filme é cruel em sua essência, o roteiro é perfeito, não existe clichês e os personagens são tão humanos que fica fácil confundi-los com pessoas reais. Como pode, o gênio da comédia, que provocava risos fáceis com suas comédias, escrever, produzir e dirigir um dos filmes mais melancólicos de todos os tempos? A belíssima trilha sonora também foi composta por Chaplin, e curiosamente, lembra uma música de Roberto Carlos, em partes.
Neste belíssimo filme mudo conhecemos a história da camponesa Marie St. Claire (Edna Purviance) e seu namorado Jean Millet (Carl Miller). 
Ambos decidem fugir para se casar em Paris, já que seus pais são contra o relacionamento, porém, um terrível acontecimento provoca o desencontro dos jovens apaixonados.
Esse equívoco do destino faz com que Marie viaje sozinha para Paris, lá, ela conhece o magnata Pierre Revel (Adolphe Menjou) com quem acaba mantendo um relacionamento amoroso.
Marie tem uma vida luxuosa ao lado do magnata. Sua vida se resume a jantares pomposos, festas badalas e conversas com as amigas no seu apartamento de luxo. 
Nada lhe falta. No entanto, o destino resolve cruzar os caminhos de Marie e Jean novamente, e a jovem fica dividida entre seu grande amor do passado e a vida nova ao lado de um homem poderoso.
E novamente ocorrem vários equívocos que acabam dando um desfecho trágico para essa triste história de amor.
Para assistir "Casamento ou Luxo" recomendo ao espectador tentar se imaginar vivendo na década de 20. Certamente o público daquela época não estava preparado para ver a realidade sendo exposta numa tela de cinema e isso contribuiu para o fracasso de bilheteria, mas esse detalhe jamais afetará a beleza desta obra-prima do gênio.
Neste primeiro drama de sua carreira, Chaplin usou de artifícios nunca usados até então, não há vilões, nem heróis, apenas pessoas normais vivendo dentro dos seus estilos de vida. 
"Casamento ou Luxo" é um baita filmaço que merece estar entre os maiores clássicos produzidos durante a Era Silenciosa do cinema. Sem sombra de dúvida, um filme espetacular que recomendo para todos. 

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 78 minutos
Categorias: Romance, Drama, Clássico, Domínio Público
Classificação: Livre
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário