Faça Suas Pesquisas Por Filmes, Diretores e Artistas

03/05/2015

Filme: "Lady Vingança (2005)"

"Rezar é como fazer uma faxina. Limpa todos os seus pecados. Um por um. E então sua pele volta a ficar nova como a pele de um bebê."

"Chinjeolhan Geumjassi" é um filme coreano que faz parte da 'Trilogia da Vingança' composta também por "Mr. Vingança" e "Oldboy", todos dirigidos por Park Chan Wook. E essa trilogia é mais uma que começo de trás pra frente, então não irei comentar sobre os outros dois filmes.

Primeiramente, é importante destacar que os filmes de Park Chan Wook não é para todos, requer boa estrutura psicológica para encarar uma produção tão contundente, pois apresenta cenas fortes, violentas e perturbadoras. O roteiro não linear exige uma dose extra de atenção, principalmente no início.  Foi lançado em 2005.

O filme explora a violência dentro de cada um de nós sendo utilizada para fazer justiça com o apoio da ética. Uma violência até certo ponto justificável, afinal, são sentimentos da natureza humana que busca a punição de crimes bárbaros.
A trama conta a história de Lee Geum-Ja (Lee Yeong-Ae), que aos 19 anos de idade é condenada a 13 anos de prisão pelo sequestro e assassinato de um menino de 6 anos. No entanto, a jovem está acobertando o verdadeiro culpado, seu namorado e professor Sr. Baek (Choi Min-Sik).
Na prisão, ela descobre que está sendo traída, Geum-Ja passa todo o cumprimento da pena arquitetando uma vingança para o ex-namorado. Treze anos depois ela sai da cadeia, encontra Sr. Baek e põe em prática seu minucioso plano.
Na cadeia ela conquista a admiração e a confiança das outras detentas, que a ajudam a colocar seu plano em prática.
No decorrer do filme, através de flashbacks, vamos compreendendo os pequenos detalhes da trama, que no final fazem toda a diferença, como por exemplo, a justificativa que levou a moça de apenas 19 anos a assumir a culpa e o castigo pelo crime, do qual era inocente.
Ao longo da trama percebemos claramente a evolução, pela qual Lee Geum-Ja passa à medida em que vive os acontecimentos. Esta evolução será determinante na hora de colocar em prática tudo aquilo que havia planejado.
Mas na realidade, o tipo de redenção que Lee Geum-Ja busca realmente só pode ser alcançado através da vingança que, por diversas vezes, aparenta uma áurea quase angelical de justiça e espiação.
O desfecho pode desagradar algumas pessoas, mas particularmente, considerei justo diante do peso de todos os acontecimentos e revelações que vamos recebendo durante o desenrolar do filme. Talvez, pudesse ser ainda mais cruel, pois pessoas que cometem tais crimes não podem ser consideradas seres humanos, mas sim, monstros.
"Lady Vingança" é a violência em forma de poesia. A fotografia belíssima, faz uma mistura de cores fortes com cenários sombrios, transformando-o numa verdadeira obra de arte. A história não linear consegue inserir o espectador na loucura e desconexão dos fatos atordoantes do filme. Caso fosse linear, certamente não conseguiria os mesmos efeitos perturbadores durante o seu andamento.
As atuações são excelentes, principalmente da atriz Lee Yeong-Ae, a qual eu não conhecia e agora sou fã. Também merece ser destacado a trilha sonora, angelical e subversiva. Enfim, "Lady Vingança" é um filme que merece ser visto, mas apenas por pessoas fortes e ousadas.

Mais detalhes do filme na página do IMDb

Duração: 112 minutos
Gênero: Thriller, Drama, Policial, Terror
Classificação: 18 anos
Minha Nota: 10,0

Nenhum comentário:

Postar um comentário