08/03/2015

9 Filmes Para Homenagear as Mulheres

No dia 08 de março de 1857, mais de 100 artesãs morreram carbonizadas, todas eram operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Essas mulheres ocuparam a fábrica em protesto pelos seus direitos e foram reprimidas com extrema violência, todas foram trancadas dentro da fábrica que foi incendiada.

Em março de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, foi declarado o 'Dia Internacional da Mulher'. Nesta data, todos os anos, são realizados diversas conferências ao redor do mundo para discutir o papel da mulher na sociedade.

E como os outros 364 dias também são o 'Dia da Mulher', selecionei alguns filmes que considero excelentes para homenagear todas as mulheres guerreiras e determinadas que visitam o blog.

Confira a lista e bons filmes:

Filme: "Thelma & Louise (1991)" - Estados Unidos da América

"Vá, continue. Simplesmente continue."
"Thelma & Louise" foi dirigido por Ridley Scott. Acompanhamos as aventuras de duas mulheres determinadas. Louise Sawyer  é uma garçonete e Thelma é dona-de-casa, ambas estavam cansadas da vida monótona que levavam, resolveram deixar tudo para trás e pegar a estrada. Durante a viagem, as amigas se envolvem em vários problemas, inclusive um assassinato e decidem fugir para o México, mas acabam sendo perseguidas pela polícia americana. Confira mais detalhes do filme em Thelma & Louise

Filme: "Gritos e Sussurros (1972)" Suécia

"Você percebe que eu a odeio? E como eu acho tolos os seus sorrisos insípidos e o seu coquetismo idiota?"

"Wiskningar Och Rop" foi dirigido por Ingmar Bergman. Neste filme dramático conhecemos a história das irmãs Karin e Maria que estão na casa de campo da família para acompanhar os últimos momentos da outra irmã Agnes. Vamos acompanhando as lembranças, as frustrações e as mágoas dessas mulheres fortes e ao mesmo tempo frágeis. Confira mais detalhes do filme em Gritos e Sussurros.


Filme: "Mamma Mia (2008)!" - Estados Unidos da América

"No fundo você sabe que sinto a sua falta, mas regras foram feitas para serem cumpridas."

"Mamma Mia!" foi dirigido por Phillida Lloyd. Conhecemos Sophie que está prestes a se casar e resolve enviar três convites da cerimônia para três homens – Sam Carmichael, Bill Anderson e Harry Bright –, acreditando que um deles é seu pai. De diferentes partes do mundo, os três resolvem ir até à ilha. Quando chegam, a mãe de Sophie, Donna, se surpreende ao ficar cara-a-cara com os ex-namorados que nunca conseguiu esquecer. Confira mais detalhes do filme em Mamma Mia!.


Filme: "Para Sempre Alice (2015)" - Estados Unidos da América

"E agora eu vejo as palavras na minha frente e não consigo me expressar. Não sei quem sou, não sei o que mais vou esquecer."
"Still Alice" foi dirigido pela dupla Richard Glatzer e Wash Westmoreland. A Dra. Alice Howland é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John , fragiliza, ela e a filha Lydia  se aproximam. Confira mais detalhes do filme em Para Sempre Alice.


Filme: "Alexandria (2009)" - Espanha

"Se sonhar uma pouco é perigoso, a solução para isso não é sonhar menos - é sonhar mais."

gora" foi dirigido por Alejandro Amenábar. O ano é 391 d.C e estamos em Alexandria. Hypatia ensina astronomia, matemática e filosofia. À medida que o Cristianismo da cidade, chefiado por Ammonius e Cyril, ganha poder político, as grandes instituições de aprendizagem e administração podem não sobreviver. 20 anos depois, os Cristãos forçam a moralidade pública; primeiro, vêm os Judeus como seu obstáculo, depois as mulheres. Hypatia não tem interesse na fé; está interessada no movimentos dos corpos celestes e na irmandade de todos. Confira mais detalhes do filme em Alexandria.


Filme: "As Horas (2002)" - Estados Unidos da América, Reino Unido

"Não se pode encontrar a paz evitando a vida."
"The Hours" foi dirigido por Stephen Daldry. Conhecemos três mulheres de épocas diferentes. Em 1923, Virginia Woolf está começando a escrever seu livro, “Mrs. Dalloway”, sob os cuidados de seus médicos e familiares. Em 1949, Laura Brown encontra-se muito ocupada, pois está lendo o livro escrito por Virginia, o mesmo “Mrs. Dalloway”. Em 2001, Clarissa Vaughn está preparando uma festa para seu melhor amigo, um famoso autor que está morrendo de AIDS. Sendo tomada em apenas um dia, todas as três histórias estão interligadas com o livro mencionado. Confira mais detalhes do filme em As Horas.


Filme: "Livre (2015)" - Estados Unidos da América

"Nunca estamos preparados para o que esperamos."

"Wild" foi dirigido por Jean-Marc Vallée. Através dete filme somos apresentados a Cheryl que após a morte de sua mãe, um divórcio e uma fase de autodestruição repleta de heroína, decide mudar e investir em uma nova vida junto à natureza selvagem. Para tanto, ela se aventura em uma trilha de 1100 milhas pela costa do oceano Pacífico. Confira mais detalhes do filme em Livre.


Filme: "A Papisa Joana (2009)" - Alemanha

"Nunca uma mulher havia chegado num cargo tão alto dentro da Igreja, mas Johana chegou."

"Pope Joan" foi dirigido por Sönke Wortemann. Segunda a lenda, teria existido uma mulher que chegou ao mais alto poder da igreja Católica: Se tornar papa. Johana von Ingelheim teria sido a única menina a se formar na escola religiosa na Catedral de Dorstadt. Apesar de estar apaixonada pelo monge e médico Gerold, ela decide que devia seguir seu destino de fé e, para conseguir ser independente em Roma, cria a identidade de John Anglicus. Se destacando pela sua intelingência, ela conquistou o respeito e confiança de todos, inclusive do Papa Serguis (John Goodman). Tanto que quando ele falece, ela é eleita, por unanimidade, para ser o novo Papa, no ano 853 D.C. Confira mais detalhes do filme em A Papisa Joana.


Filme: "Volver (2006)" - Espanha

"É esse vento do leste, que enlouquece as pessoas."

"Volver" foi dirigido por Pedro Almodóvar. A trama gira em torno de Raimunda, uma jovem mãe, trabalhadora e atraente, que tem um marido desempregado e uma filha adolescente. E da sua rmã Sole  que possui um salão de beleza ilegal e vive sozinha. A tia de ambas falece, Raimunda adorava a tia, mas não pode comparecer ao enterro pois pouco antes do telefonema da irmã encontrou o marido morto na cozinha, com uma faca enterrada no peito. A filha de Raimunda confessa que matou o pai, que estava bêbado e queria abusar dela sexualmente. A partir de então Raimunda busca meios de salvar a filha, enquanto que Sole viaja sozinha até uma aldeia para o funeral da tia e volta da terra natal com o fantasma da mãe que havia falecido num incêndio. Confira mais detalhes em Volver.