30/03/2015

101 Melhores Filmes: Década de 1920 - Parte 1

Estou organizando uma série de coletâneas com os 101 melhores filmes de cada década. São filmes de todos os gêneros e que ficaram marcados na minha memória e de todos os fãs de cinema.

Serão vinte postagens de cada década e cada postagem terá cinco filmes que já assisti e fazem parte do acervo de postagens no blog.

Um pouco da história do cinema nos anos 20, a década de prosperidade e liberdade, animada pelo som das Jazz e pelo charme das melindrosas (mulheres modernas da época, que frequentavam os salões e traduziam em seu comportamento e modo de vestir). Além da ópera e do teatro, o cinema estava no auge e exibiam os filmes de Hollywood e seus astros, como Rodolfo Valentino e Douglas Fairbanks. Foi a era do cinema mudo, porém foi o apogeu da comédia americana, que obteve grande audiência mundial, sobretudo graças ao talento de Charles Chaplin, Harry Langdon, Stan Laurel e Oliver Hardy. No otimismo e materialismo dos anos 20, Hollywood começou a ostentar seu glamour e a desafiar a moralidade convencional. O comportamento dos astros dentro e fora das telas fez surgir em 1921 , o órgão auto-regulador que tentou moldar a produção de Hollywood em uma forma "íntegra e inofensiva de entretenimento familiar". Na Europa, após a Primeira Guerra Mundial, a prosperidade da indústria do cinema na França e na Itália foi eclipsada pela importação crescente de filmes americanos.

Confira a 1ª Parte:

Filme: "Em Busca do Ouro (1925)" - Estados Unidos da América
"The Gold Rush" foi dirigido por Charles Chaplin. Uma comédia deliciosa de assistir protagonizada por Chaplin. No Alasca, Carlitos tenta a sorte como garimpeiro em meio a corrida do ouro de 1888. No meio da nevasca, ele conhece McKay e juntos vão se envolver em inúmeras confusões. Carlitos se apaixona pela dançarina Georgia e não será nada fácil para o casal viverem essa paixão. Confira mais detalhes do filme em Em Busca do Ouro.


Filme: "Nosferatu (1922)" - Alemanha
"Nosferatu, eine Symphonie des Grauens" foi dirigido por Friedrich Wilhelm Murnau. Nessa obra primordial do terror acompanhamos a história do Conde Graf Orlock, um milenar vampiro que se encanta pela esposa de Thomas Huter. Para se aproximar da moça ele se muda para Wisborg e leva consigo uma terrível doença, porém, apenas Ellen, esposa de Hutter poderá deter esse terrível ser e todas as suas maldades. Confira mais detalhes do filme em Nosferatu.

Filme: "Sétimo Céu (1927)" - Estados Unidos da América
"7th Heaven" foi dirigido por Frank Borzage. Relata a história de Chico, um trabalhador dos esgotos de Paris, e Diane, uma bela mulher que conta com a ajuda dele para se esconder da polícia. Eles se apaixonam e casam, vivendo felizes até que Chico é convocado para a Primeira Guerra Mundial. A partir desse momento a vida deste casal vai mudar para sempre. Confira mais detalhes do filme em Sétimo Céu.

Filme: "O Fantasma da Ópera (1925)" - Estados Unidos da América
"The Phantom of the Opera" foi dirigido por Rupert Julian. É a primeira adaptação do romance homônimo para o cinema. Conhecemos Erik ou O Fantasma, um homem desfigurado que vive no subsolo de um grande teatro da cidade de Paris. Ele se apaixona pela jovem cantora da ópera e após ludibriar a moça, tenta convencê-la a esquecer seu grande amor. Confira mais detalhes do filme em O Fantasma da Ópera.

Curta-Metragem: "O Cão Andaluz (1929)" - França
"Un Chien Andalou" foi dirigido por Luiz Buñuel e Salvador Dalí. Nesse filme inacreditável, entramos em contato com o cinema experimental surrealista. Histórias inusitadas e perturbadoras, que mais se parecem com os piores pesadelos. Nada é normal nesse filme, nada tem sentido, no entanto, é um filme inesquecível. Confira mais detalhes do filme em O Cão Andaluz.